TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Reflexão sobre temas jornalísticos

Por:   •  10/11/2015  •  Relatório de pesquisa  •  891 Palavras (4 Páginas)  •  180 Visualizações

Página 1 de 4

Trabalho em grupo - TG

Curso: Historia

2º Semestre

Questão:

Faça uma breve reflexão sobre as principais características de um artigo científico que analise aspectos relacionados ao futebol, diferenciando-o do texto jornalístico.

Tipos de textos que apresenta o futebol

O trabalho em grupo desenvolvido pelos acadêmicos do curso de História, regularmente matriculado no segundo semestre, traz uma breve reflexão sobre o texto jornalístico e cientifico relacionado ao futebol. Apresentando as principais características de ambos, atendendo assim a temática em questão.

O futebol foi um esporte aprimorado no século XIX pelos ingleses, onde se criaram os primeiros clubes futebolísticos. Atualmente o futebol é uma modalidade global, incentivada e praticada com frequência nas escolas, bairros, comunidades entre outros. No Brasil para muito este é considerado uma “paixão nacional”. Porém há muito tempo o futebol deixou de ser somente uma prática esportiva, tornando-se uma profissão com direitos e deveres trabalhistas que movimentam milhões no mercado financeiro.

Algumas descrições em um texto jornalístico percebe-se, que, além de ter o objetivo de informar o leitor, ouvinte ou telespectador dependendo do meio de comunicação utilizado, traz também, em alguns momentos, algumas interatividades tidas como propósito do autor, redator, apresentador..., para manter o interesse do público na narrativa e desdobramentos dos fatos.

Um texto jornalístico que trata sobre futebol, aborda informações relacionadas aos clubes, resultados dos jogos, discussões sobre arbitragem, troca e venda de jogadores, eleição de nova diretoria dos clubes, horários das partidas e locais dos jogos, e mais, informações de como adquirir os ingressos das partidas, divulgações das tabelas dos campeonatos em andamentos e colocações dos times envolvidos, enfim, apresenta tudo do dia-a-dia dos clubes, demonstrando os fatos com base no censo comum e conhecimento popular.

Em um texto cientifico o autor propõe em esclarecer alguns pontos importantíssimos, que foram evidenciados durante a realização de pesquisas, as quais levaram a novas descobertas, com o objetivo principal de aprimorar o futebol, em nível regional, nacional e mundial nas mais diversas categorias infanto-juvenil, juvenil, profissional etc.

Um dos fatores determinantes que preocupam não só os atletas, mas também técnicos e dirigentes, são as lesões dos jogadores, pois os prejuízos não são apenas de ordem física e psíquica, como de ordem financeira, atingindo também o clube.

Ouriques (1999) explica que as lesões podem acontecer na fase de treinamento ou na fase de competição; ocorrendo com menos intensidade e gravidade na fase de treinamento, pois na fase de competição o atleta sempre busca vencer adversários.

Dessa forma compreende-se que as lesões acontecem quase sempre em momentos em que o jogador atingiu o seu estágio máximo de competição, e que, os excessos de jogos e treinamentos pode acarretar em um estresse físico deixando os atletas vulneráveis as lesões.

Sendo assim, os investimentos aplicados no futebol são altíssimos, principalmente na área científica, onde são desenvolvidos em grande escala tecnologias que contribuem no desempenho dos jogadores e suas equipes. Ciência e tecnologia são aliadas do futebol, graças a estes estudos a recuperação das lesões ou fraturas dos jogadores ocorre com mais rapidez e eficiências, minimizando o período em que estes jogadores irão ficar fora de exercício, um exemplo foi à rápida recuperação de Ronaldo “Fenômeno” para jogar a copa de 2002. Estes estudos podem também antevir as lesões e traumas causados pelos desgastes físicos dos jogadores, possibilitando um tratamento preventivo.

Além desses benefícios introduzidos nos tratamentos dos jogadores, existem ainda aqueles

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.4 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »