TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Regime Militar - Regime Econômico

Por:   •  19/1/2014  •  328 Palavras (2 Páginas)  •  1.196 Visualizações

Página 1 de 2

Universidade Aberta do Brasil - UAB

Unidade de Educação a Distância - UFPB Virtual

Departamento de Economia - CCSA

Curso de Especialização em Gestão Pública Municipal - CEGPM

Aluno:

Polo:

Disciplina: Desenvolvimento e Mudança no Estado Brasileiro

Tarefe de envio – o Regime Militar

Questão 01: Descreva o período denominado “Milagre Econômico Brasileiro”, mostrando quais foram as principais razões para sua ocorrência e as consequências positivas e negativas geradas pelo modelo econômico aplicado neste período.

O período do milagre econômico fez parte do governo do presidente Emílio Garrastazu Médice. Foi uma fase que só se tornou possível devido aos ajustes financeiros ocorridos no governo anterior, o do presidente Castelo Branco. Além disso, houve uma política monetária e fiscal bastante expansiva.

Nesse período aumentou o endividamento externo, a pobreza e a concentração de renda nas mãos das classes mais favorecidas economicamente. Foi o período em que o Brasil ganhou a Copa do Mundo no México. O lema era “Brasil, ame-o ou deixe-o”.

Houve certo crescimento econômico nesta época, pois aumentaram os investimentos em várias áreas, já que o Estado investiu bastante na indústria pesada, siderúrgica, petroquímica, construção naval e energia hidrelétrica. Por isso, houve crescimento da produção de bens de consumo duráveis e aumento geral nos lucros das empresas estatais.

Questão 02: O que você entende em relação ao termo “Crescimento Forçado”, fruto da política econômica do governo Geisel? Justifique sua resposta.

O termo “Crescimento forçado” foi dado pelo economista Antônio Barros de Castro ao modelo político adotado pelo governo Geisel, devido ao fato de que este conseguiu manter o crescimento econômico do Brasil mesmo com a existência da chamada “Crise do Petróleo”. De certa forma, foi um crescimento baseado no endividamento externo, já que o governo pegava empréstimos externos para investir em infraestrutura. Sendo assim, não foi possível manter o pagamento da dívida externa em dia.

Referências

Leite Júnior, Alcides Domingues. Desenvolvimento e mudanças no estado brasileiro / Alcides Domingues Leite Júnior. – 2. ed. reimp. – Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração / UFSC, 2012. 88p. : il.

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=jHQGbunsPcA. Acesso em 09/11/2013.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com