TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta

Tese: José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta. Pesquise 790.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  27/6/2013  •  Tese  •  646 Palavras (3 Páginas)  •  209 Visualizações

Página 1 de 3

Terra Papagalli

José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta

Romance 192 páginas

Sinopse:

Décimo mandamento para bem-viver na Terra dos Papagaios: "naquela terra de fomes tantas e lei tão pouca, quem não come é comido". A sábia conclusão é de Cosme Fernandes, o Bacharel da Cananéia, um dos "degredados" que aqui chegaram nos primeiros anos do descobrimento, cuja vida é recriada com saboroso humor nessa paródia, escrita por José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta _ TERRA PAPAGALLI, edição com novo projeto gráfico e revisão dos autores publicada pela Objetiva.

Cosme Fernandes tem muito o que contar sobre suas experiências em terras brasileiras. Ele logo aprendeu que nesta terra é preciso dar presentes sem parcimônia, fazer alarde de qualquer dificuldade, pois aqui vale mais o colorido do frasco que o próprio remédio, que na terra de Santa Cruz não há quem não troque honradez por honraria. Com mordaz ironia, Pimenta e Torero _ autor de "Xadrez, Truco e outras Guerras" (Coleção Plenos Pecados) e "O Chalaça" (que conquistou o Prêmio Jabuti) _ recontam episódios da nossa história, inventam outros tantos, construindo uma narrativa deliciosamente irreverente e crítica.

Resumo:

A História oficial nos conta que em 1498, D. Manuel, rei de Portugal, incumbiu o navegador Duarte Pacheco Pereira de uma expedição a oeste do Atlântico Sul. Suas caravelas atingiram o litoral brasileiro e chegaram a explorá-lo, à altura dos atuais estados do Amazonas e do Maranhão. A notícia foi mantida em segredo pelo governo português, que enfrentava a concorrência espanhola, na conquista da América do Sul. Somente dois anos depois, no dai 22 de abril de 1500, Pedro Alvares Cabral desembarcou nas praias brasileiras e oficialmente esta terra passou para o dominio português. Para Sérgio Buarque de Holanda, nenhum outro povo do Velho Mundo achou-se tão bem armado para se aventurar à exploração regular e intensa das terras próximas à linha equinocial, onde os homens depressa degeneram, segundo o conceito generalizado na era quinhentista. O ato histórico do descobrimento ou do achamento do Brasil foi marcado pelo desastroso impacto entre as culturas portuguesa e indígena. Segundo Sergio Buarque de Holanda, essa exploração do trópico não se processou , em verdade, por um empreendimento metódico e raciomal, não emanou de uma vontade construtora e enérgica: fez-se antes com desleixo e certo abandono. As praias brasileiras e essas terras passaram para o domínio português. Terra dos Papagaios é uma narrativa, que é ao mesmo tempo, diário, carta, bestiário,vocabulário, lenda, mito, ficção, história polifônica do real. Fazendo um desdobramento da ficção pós-moderna Terra dos Papagaios, imediatamente pensamos na idéia de tempo. Sevcenko afirma que pós-moderno é um conceito que supõe a reflexão sobre o tempo, antes de mais nada. Assim o tempo que parece passado, permanece presente porque é o tempo da subjetividade do narrador-herói-personagem. Podemos dizer que o tempo existente se faz presente, no recinto da memória do narrador. Em nossa análise, verificamos que o sentido do passadoé o tempo presente. A aventura de Cosme Fernandes e seus

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.1 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com