TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Análise dos materiais didáticos em uma aula de matemática

Por:   •  15/3/2019  •  Relatório de pesquisa  •  1.073 Palavras (5 Páginas)  •  14 Visualizações

Página 1 de 5

                         Claudia Almeida da Silva Amaral       RA: 316423170

Mirian Gomes Maciel Lima                RA: 316415982

Sara Maciel Lima                               RA: 316418195

 

 

Análise dos Materiais Didáticos Utilizados nas Aulas de Matemática (Primeiro Segmento do Ensino Fundamental – 1º ao 5º ano)

 

Parte Introdutória

 

O livro analisado pelo grupo foi “Aprender Juntos” e os demais dados seguem abaixo:

  • Coleção: Aprender Juntos - Ensino Fundamental dos Anos Iniciais  
  • Editora: Edições SM Ltda (Obra coletiva concebida, desenvolvida e produzida por

Edições SM)

  • Autores: Andrezza Guarsoni Rocha e Patrícia Nakata
  • Edição: 6ª edição  - Ano: 2017.

 

Presença dos eixos temáticos

 

Ao percorrer pelas páginas do livro percebe-se que ele apresenta os eixos temáticos propostos pela BNCC, oferecendo aos alunos ferramentas da matemática que auxiliarão na construção, desenvolvimento e aplicação dos conceitos para uma melhor compreensão e atribuição dos significados das atividades propostas, evitando a memorização e mecanização. Há incentivo na interação com os colegas, trabalhando com questões do cotidiano e com desafios através de jogos e brincadeiras.

As ferramentas são utilizadas de maneira lúdica e com situações de sua vivência onde a matemática esteja presente de modo marcante.

 

 

Exemplificação dos eixos no livro apresentado:

 

Eixo 1: reconhecer que a matemática é uma ciência humana, fruto das necessidades e preocupações de diferentes culturas, em diferentes momentos históricos, e é uma ciência viva, que contribui para solucionar problemas científicos e tecnológicos e para alicerçar descobertas e construções, inclusive com impactos no mundo do trabalho.

 

No livro pode-se perceber que se reconhece e se relaciona os valores de moedas e cédulas do sistema monetário brasileiro, fazendo com que o aluno possa resolver situações simples do cotidiano, interagindo com a cultura do país que vive.

 

Eixo 2: desenvolver o raciocínio lógico, o espírito de investigação e a capacidade de produzir argumentos convincentes, recorrendo aos conhecimentos matemáticos para compreender e atuar no mundo.

 

No livro percebe-se que há elaboração e resolução de problemas aditivos e

subtrativos, em que o aluno envolve números de até dois algarismos, desenvolvendo seu raciocínio.

 

Eixo 3: compreender as relações entre conceitos e procedimentos dos diferentes campos da matemática (aritmética, álgebra, geometria, estatística e probabilidade) e de outras áreas do conhecimento, sentindo segurança quanto à própria capacidade de construir e aplicar conhecimentos matemáticos, desenvolvendo a autoestima e a perseverança na busca de soluções.

 

No livro pode-se perceber interações de geometria, onde o aluno relaciona figuras geométricas espaciais e figuras planas com objetos familiares do mundo físico.

 

Eixo 4: fazer observações sistemáticas de aspectos quantitativos e qualitativos presentes nas práticas sociais e culturais, de modo a investigar, organizar, representar e comunicar informações relevantes, para interpretá-las e avaliá-las crítica e eticamente, produzindo argumentos convincentes.

 

No livro percebe-se que há comparações de comprimentos, capacidades e massas, utilizando-se de termos como mais alto, mais baixo, mais comprido, mais curto, mais pesado mais leve, cabe mais, cabe menos, entre outros, para ordenar objetos de uso cotidiano.

 

Eixo 5: utilizar processos e ferramentas matemáticas, inclusive tecnologias digitais disponíveis, para modelar e resolver problemas cotidianos, sociais e de outras áreas de conhecimento, validando estratégias e resultados.

 

No livro pode-se perceber o uso de material dourado para compor e decompor números de até duas ordens, por meio de diferentes adições.

 

Eixo 6: enfrentar situações-problemas em múltiplos contextos, incluindo-se situações imaginadas, não diretamente relacionadas com o aspecto prático-utilitário, expressar suas respostas e sintetizar conclusões, utilizando diferentes registros e linguagens (gráficos, tabelas, esquemas, além de texto escrito na língua materna e outras linguagens para descrever algoritmos, como fluxogramas e dados).

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.1 Kb)   pdf (77.1 Kb)   docx (10.7 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com