TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Realçoes etnicos racionais

Por:   •  9/1/2019  •  Trabalho acadêmico  •  598 Palavras (3 Páginas)  •  22 Visualizações

Página 1 de 3

Relações étnicos – raciais, ensino da história e cultura afro-brasileira, africana e indígena

Resenha Crítica

Nesse texto o autor descreve como a miscigenação de culturas influenciam a identidade do Brasil, sabe-se que o povo brasileiro é formado por varias etnias e sendo as principais a portuguesa, indígena e africana, nesse texto ainda se fala sobre a diversidade que existe no país. Tem como foco principal falar sobre como aconteceu esse encontro de culturas entre os indígenas, já habitantes do país, com a chegada dos portugueses e a população africana. O texto enfoca ainda sobre as Leis Federais 10639/2003 e 11645/2008, onde analisa o essencial para uma educação justa, valorizando esses povos que marcam a nossa cultura, promovendo igualdade e valorização de direitos e deveres para todos os cidadãos.

No primeiro titulo “A importância das matrizes indígena, européia e africana na formação histórica e cultural do Brasil” o autor inicia seu discurso falando sobre a diversidade cultural brasileira a pluralidade e a heterogeneidade que caracterizam a sociedade. O autor analisa sobre como os indígenas ocuparam as costas brasileiras e influenciando os portugueses com seu conhecimento, sua arquitetura e seu vocabulário. Fala também na contribuição dos portugueses (a época), pois estes trouxeram conhecimentos da Europa, as festas típicas, a comida e principalmente a religião católica entre outras. Destaca também sobre a chegada dos africanos e como sua heterogeneidade favoreceu na cultura brasileira, pois havia africanos de diversas partes de seus país, cada qual com sua cultura, conhecimento e diversidade.

No segundo titulo “Uma abordagem sobre o histórico das Leis nº 10.639/2003 e nº 11.645/2008” o autor descreve de forma clara e objetiva como e por que essas leis foram criadas, a primeira trata sobre a obrigatoriedade do ensino de Historia e Cultura afro-brasileira nas instituições publicas e privadas de ensino no país, sendo alterada pela 11.645/2008 onde deixaria de retratar a omissão da escravidão para a realidade de lutas e sofrimento que esse povo passou para que constituísse a população brasileira em seus aspectos social, político e cultural. Fala ainda sobre o movimento da década de 80 contra a desigualdade racial e sobre o preconceito que os afro-brasileiros “sofriam”, as políticas públicas criadas para eles e a promoção dos Direitos Humanos. Retrata sobre a criação da LDB 9.394/96 e os PCN´s nessa temática.

No terceiro titulo “As possibilidades de trabalho acerca da cultura afro-brasileira, africana e indígena através do ensino de História” o autor expõe uma serie de indagações para que se possa dar relevância a essa temática para o ensino da cultura africana, afro-brasileira e indígena, dando relevância ao histórico de lutas, seus diferentes modos de vida, sua cultura, entre outros, dando o real significado que a História tem para apresentar. Valorizando cada cultura que fez o Brasil ser esse país diversificado, mostrando o quanto essas etnias foram e são importantes para o desenvolvimento sócio-cultural do país.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.9 Kb)   pdf (67.4 Kb)   docx (11.3 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com