TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

APOSTILA NEUROPSIQUIATRIA

Por:   •  5/6/2013  •  9.465 Palavras (38 Páginas)  •  4.183 Visualizações

Página 1 de 38

I N D I C E

I. Neurologia.

II. Evolução da Psiquiatria e da Enf. Psiquiátrica.

III. O Ser Humano.

IV. Saúde e Doença Mental.

V. Doença Física e Aspectos Psicológicos.

VI. Enfermagem Psiquiátrica

VII. Enfermagem Psiquiátrica em situações especifica

VIII. Tratamento em Saúde Mental

IX. Transtornos Mentais pelo uso de substâncias psicoativas

X. Outros Transtornos Psicóticos

XI. Transtornos do Humor

XII. Transtornos da Ansiedade

XIII. Transtornos do Sono

XIV. Transtornos de Personalidade

XV. Transtornos Alimentares

XVI. Transtornos Somatomorfos e Dissociativos

XVII. Esquizofrenia.

XVIII. Sexualidade Humana

XIX. Interconsulta Psiquiátrica (IC)

XX. Enfermarias de Psiquiatria (EP)

XXI. Ambulatório de Saúde Mental (ASM)

XXII. Serviço de Emergência Psiquiátrica (SEP)

XXIII. Hospital – Dia (HD)

XXIV. Bibliografia

I - NEUROLOGIA

NEUROLOGIA

1. Sistema nervoso cerebral, noções básicas de anatomia.

1.1 – O sistema nervoso cérebro-espinhal

a) Cérebro:

O cérebro constitui a maior parte do encéfalo.

Localiza-se no crânio, tem forma ovóide, superfície irregular com circunvoluções.

Constituindo a maior parte do encéfalo, o cérebro tem em sua superfície ou córtex os chamados “centros”, responsáveis pela transmissão de impulsos motores aos músculos e pela recepção de impulsos sensitivos.

b) Tronco encefálico:

O tronco encefálico localiza-se entre a medula e o encéfalo próximo ao cerebelo.

Dividem-se em bulbo, mesencéfalo e ponte.

O tronco cerebral é uma extensão da medula espinhal. É responsável, devido ao seu vasto circuito neuronal, pelo controle da respiração, da função cardiovascular e da gastrintestinal, dos movimentos oculares, do suporte antigravitacional do corpo, do equilíbrio e de muitos movimentos estereotipados do corpo.

c) Medula espinhal:

A medula espinhal é uma massa cilindróide de tecido nervoso situada dentro do canal vertebral. É a continuação direta do bulbo, e é um importante centro de ação reflexa do corpo.

Através da medula originam-se 31 pares de nervos espinhal. Os nervos espinhais que saem do lado direito da medula inervam os músculos, apele e os órgãos do lado direito do corpo; os do lado esquerdo enervam os músculos correspondentes a este lado do corpo.

d) Os hemisférios cerebrais:

Os hemisférios cerebrais direito e esquerdos compreendem o telencéfalo e são separados pela fissura longitudinal do cérebro e unidos por uma larga faixa de fibras comissuras, o corpo caloso.

Cada hemisfério possui três pólos: frontal, occipital e temporal, e três faces: faces súpero-laterais, convexas; face medial, plana; e face inferior ou base do cérebro.

e) As meninges e o líquido cérebro-espinhal:

- Meninges: São membranas conjuntivas que envolvem o sistema nervoso central e são classificados em três: dura-máter, pia-máter e aracnóide.

A dura-máter é a meninge mais superficial, espessa e resistente.

A aracnóide é uma membrana muito delicada, justaposta à dura-máter, separando-se desta pelo espaço subdural.

A pia-máter é a meninge mais interna, aderindo-se intimamente à superfície do encéfalo e da medula.

- Líquido cérebro-espinhal (líquor): de consistência aquosa e incolor, o

...

Baixar como (para membros premium)  txt (64 Kb)  
Continuar por mais 37 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com