TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Karl Marx E A Mais Valia

Exames: Karl Marx E A Mais Valia. Pesquise 843.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  9/11/2013  •  357 Palavras (2 Páginas)  •  386 Visualizações

Página 1 de 2

Lucro

Marx ao reparar que o lucro não dependia apenas da produtividade fisica do capital, elaborou uma nova teoria mais profunda baseada em seus antecessores, sobre as causas efetivamente sociais do lucro capitalista.

Para ele, o salário capitalista é considerado justo, por não precisar explorar seus funcionários, para lucrar diante do salário que imposto pelo mercado, pois possui um próprio capital social, que uma ves investido, é voltado a ele em forma de uma remuneração automática.

A origem do lucro, está baseada na forma em que o salário considerado justo é imposto, ou seja na apropiação da pessoa como trabalhador escravo ou a cobrança de uma renda feudal, na medida em que o proprio salário justo acaba sendo menor, do que ele próprio lucrará, não havendo assim nenhum tipo de perda para o capitalista, pois o valor investido voltará de forma maior durante a jornada de trabalho que lhe foi contratado.

A taxa de lucro difere da taxa de mais valia, ou seja aquilo que é investido é diferente daquilo que é lucrado. O lucro é caracterizado, da forma de como é utilizado o capital. A sua grandeza depende essecialmente do mais valia, ou seja do que é lucrado, sendo assim quanto mais lucrado mais é gastado e investido, provocando uma tendencia de diminuição do lucro, e para reverter essa situação o capitalismo passa a usar várias medidas, como por exemplo: o aumento da exploração dos trabalhadores, diminuição dos salários reais e diversas outras formas com o objetivo de nunca perder.

Concluindo, o pensamento sociológico de Karl Marx vem relatar a divisão entre os burgueses e proletariados na sociedade, a qual determina os burgueses donos do meio de produção e o proletariado como somente trabalhador, juntamente com as consequencias e a exploração do capitalismo diante o homem que não vendo outra saida passa a vender sua força de trabalho e torna – se mercadoria para o capitalista, submetendo – se a salários baratos onde mal se dá para sobreviver, mas se não aceitar do capitalista vem outro e aceita, surgindo a concorrencia, onde quem ganha é somente o capitalista por meio de mão de obra barata, ele gera seu lucro.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com