TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Psicodiagnóstico Completo

Por:   •  6/6/2013  •  778 Palavras (4 Páginas)  •  660 Visualizações

Página 1 de 4

Psicodiagnóstico.

1.INTRODUÇÃO

A psicopedagogia estuda a aprendizagem normal e patológica, tanto com sentido preventivo quanto terapêutico, os objetos do estudo da psicopedagogia são as relações interpessoais estudo o comportamento humano, a compreensão do indivíduo enquanto aprendiz, a motivação, os processos de aprendizagem, o ser que aprende. A psicopedagogia é um campo de atuação em saúde e educação que lida com o processo de aprendizagem humana, considerando a influência do meio – famílias, escola e sociedade no seu desenvolvimento utilizando procedimentos próprios (WEISS, 2003).

A psicopedagogia tem seu foco de estudo nas queixas escolares, que na maior parte das vezes é a causa do fracasso escolar. O diagnóstico psicopedagógico é uma investigação do que não vai bem com sujeito em relação a uma conduta esperada, ou seja, trata-se do não aprender, do aprender com dificuldade ou lentamente, do não revelar o que aprendeu, do fugir de situações impossíveis de aprendizagem (WEISS, 2003), uma resposta insuficiente do aluno a uma exigência ou demanda da escola. Tal estudo deve abarcar os três aspectos em que podem estar ligados o fracasso escolar, a saber: a sociedade, a escola e o aluno em si.

A primeira perspectiva é a mais ampla, a perspectiva social em que inclui as relações políticas, sociais, econômicas e ideológicas. A segunda perspectiva diz respeito à análise da instituição Escola em sua estrutura material e pedagógica, incluindo recursos humanos, o que não pode ser a analisado separadamente do âmbito anterior, pois a escola está inserida em uma sociedade tornando-se assim o reflexo do equilíbrio ou não desta. A terceira perspectiva diz respeito ao indivíduo, o aprendiz especificamente, as suas condições internas de aprendizagem suas questões intra-subjetivas havendo sempre uma interligação dentre esses aspectos podendo ou não levar ao fracasso escolar.

E evidente a diferença entre fracasso escolar e problema de aprendizagem. No fracasso escolar a criança não tem um problema de aprendizagem, o docente, tem dificuldade de ensinar a ele. O problema de aprendizagem pode ser um sintoma de outros conflitos ou ainda uma inibição cognitiva. De acordo com CUNHA (1993) e ANCONA-LOPEZ (1995) citado por MULLER (2008), o psicodiagnóstico é realizado com tempo limitado, buscando descrever e compreender a personalidade total do paciente, abrangendo, assim, aspectos atemporais. Desta forma, podemos dizer que, um de seus objetivos é direcionar o trabalho terapêutico. Psicodiagnóstico é um processo científico, limitado no tempo, no qual se realiza uma avaliação psicológica, por meio de testagem. A realização dos testes possui propósitos clínicos e são definidos durante a realização do diagnóstico. O autor define que o objetivo do psicodiagnóstico abrange a compreensão de problemas com base em pressupostos teóricos, identificação e avaliação de aspectos específicos ou classificação do caso e possível previsão de seu curso, comunicando, ao final do trabalho, os resultados obtidos.

A sociedade busca cada vez mais o êxito profissional, a competência a qualquer custo e a escola também segue esta

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com