TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resposta à Crise: A experiência de Belo Horizonte

Por:   •  11/2/2019  •  Trabalho acadêmico  •  331 Palavras (2 Páginas)  •  20 Visualizações

Página 1 de 2

O texto, Resposta à crise: A experiência de Belo Horizonte, trás uma discussão sobre a crise e como essa é concebida e tratada nos dias de hoje. Após a reforma psiquiatra os pacientes que antes eram mandados para os manicômios e hospitais psiquiátricos, naquele momento necessitavam de assistência para se reintegrar e readaptar ao meio social, foi criada então a Rede de atenção à Saúde Mental.

O autor expõe sua crítica ao processo de exclusão e segregação proporcionado pelas internações involuntárias, com esta é possível perceber o quanto esse processo interferiu nos trabalhos que futuramente tais redes teriam para com os portadores de doenças mentais e principalmente àqueles em crise.

Belo Horizonte era uma das cidades com maior número de leitos em hospitais psiquiátricos e manicômios. A desconstrução desses modelos ocorreu em 1993 a partir da Frente BH Popular, por conseguinte esse movimento “abriu portas” para a construção do SUS, da Política de Saúde Mental e do 1º CAPS/CERSAM.

Apesar da criação dos modelos assistenciais as dificuldades ainda permeavam estas, uma vez que, os profissionais que trabalham nessas redes ainda tinham uma resistência quanto ao tratamento fora dos hospitais, para além deste âmbito a procura por parte dos usuários também era escassa.

Os CERSAM’s e os CAPS passaram por algumas reconfigurações e hoje contam com diversos dispositivos, como por exemplo o SUP, USB, USA, o Projeto Hospitalidade etc, todos estes atuando em redes. No texto é possível identificar claramente a importância do trabalho multidisciplinar quando se trata da saúde mental.

Por fim, conclui-se que o principal objetivo da Rede de Atenção é o reestabelecimento do laço social, principalmente do sujeito em crise. Proporcionando-lhe um espaço de fala, da palavra, da posição e da singularidade desse sujeito em crise. Trata-se de uma rede ampla de cuidados e reabilitação.

Souza PJC. Resposta à Crise: A experiência de Belo Horizonte. Política de Saúde Mental de Belo Horizonte: O Cotidiano de uma Utopia [Internet]. 2008 [acessado 2019 FEV 11]. 1ª Ed. 111-29. Disponível em: http://xa.yimg.com/kq/groups/22370896/1330363327/name/Servico_de_Urgencia_Psiquiatrica%5B1%5D.pdf

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)   pdf (32.5 Kb)   docx (7.6 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com