TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

1.2 Equipamentos Utilizados TOPOGRAFIA

Por:   •  1/3/2015  •  417 Palavras (2 Páginas)  •  777 Visualizações

Página 1 de 2

• Mira:

Trata-se de uma régua graduada de quatro metros de altura, que é situada verticalmente sobre o ponto irradiado ou estaca visado (a), para que obtenha-se a medida da distância entre o chão e o plano horizontal formado pela altura do teodolito.

• Baliza:

É um utensílio em formato de bastão, colocado de forma vertical sobre o ponto irradiado ou estaca visado (a), para que se obtenha a medida angular horizontal entre os pontos.

• Teodolito:

É um aparelho usado para medir ângulos (verticais e horizontais) e distâncias de forma direta e indiretamente. Trabalha com uma ótica armada em cima de um tripé ajustável com identificadores de nível, admitindo a liberdade na rotação vertical e horizontal e o cálculo dessas medidas é realizado através do método da triangulação.

No levantamento topográfico o teodolito é fixado em um ponto que estão as estacas cravejadas ou que as represente, de uma forma que esteja nivelado com o eixo de gravidade da localidade, mira-se para o outro ponto e, então, coleta-se sua medida angular.

• Estação Total:

É um aparelho eletrônico utilizado na medição de ângulos e distâncias. Este aparelho é considerado uma fusão entre um distânciometro eletrônico e um teodolito eletrônico digital. O mesmo é capaz de armazenar os dados coletados e fazer alguns cálculos ainda em campo.

Este equipamento não foi utilizado no levantamento topográfico da praça por não haver necessidade, pois se tratava de uma área relativamente pequena.

• Bússola:

A palavra “bússola” vem do italiano do sul bussola que significa “pequena caixa”. É composta por uma agulha magnética na horizontal suspensa pelo centro de gravidade, e aponta sempre para o eixo norte-sul, ao seguir a direção do centro magnético da Terra, ou seja, indica o polo. Atribui-se a descoberta da orientação natural dos ímãs aos chineses, por volta do ano 2000 a.C., e por consequência, a invenção da bússola. Foi introduzida na Europa pelos árabes, e foi “Flávio Gioia” que introduziu também o desenho da rosa-dos-ventos na bússola. Data pelo menos do século XV o conhecimento da declinação magnética, quer dizer, da diferença entre o Norte magnético, indicado pela agulha, e o Norte verdadeiro e, possivelmente, foi descoberta pelos portugueses. A declinação era verificada pelo confronto com a observação da Estrela Polar, quando no hemisfério norte, ou da Estrela Pé do Cruzeiro, quando no hemisfério sul, e a direção apontada pela bússola.

• Nível:

Serve para medir a diferença de altura (nível) nos pontos do terreno de um levantamento topográfico. Nele existe uma luneta que por sua vez é dividida em quatro fios,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com