TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

APONTAMENTOS SOBRE A POLÍTICA DE EDUCAÇÃO NO BRASIL HOJE E A INSERÇÃO DOS/AS ASSISTENTES SOCIAIS

Por:   •  21/5/2016  •  Artigo  •  4.747 Palavras (19 Páginas)  •  377 Visualizações

Página 1 de 19

CAPA


SUMARIO.

  1. RESUMO.
  2. INTRODUÇÃO.
  3. APONTAMENTOS SOBRE A POLÍTICA DE EDUCAÇÃO NO BRASIL HOJE E A INSERÇÃO DOS/AS ASSISTENTES SOCIAIS.
  1. A INSERÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL NAS ESCOLAS PÚBLICAS
  1. O ASSISTENTE SOCIAL NO SISTEMA EDUCACIONAL: UMA INSERÇÃO POSSÍVEL
  1. CONCLUÇÃO
  1. REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS.

A INSERÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL NA EDUCAÇÃO:

MULTIDISCIPLINARIZANDO EQUIPES PELA CONQUISTA DA CIDADANIA.

RESUMO:

O presente artigo faz um levantamento da importância da inserção do profissional em Serviço Social nas unidades escolares públicas, pois a formação dos profissionais que estão presentes na área da educação, não tem capacidade de atuar no enfrentamento das demandas sociais expressas no interior das escolas. Estas demandas existentes nas escolas são relevanteao profissional de Serviço Social, que irá contribuir com o processo educativo. A inserção do assistente social no âmbito da educação é aquela inserida no campo dos direitos, da universalização dos acessos, das ações pró-permanência de qualidade, e da responsabilidade estatal com a educação, agindo em favor da democratização do ensino público, gratuito e de qualidade e viabilizando a igualdade de condições para promover o ingresso, a permanência e conclusão dos estudos destes alunos.

PALAVRAS CHAVE: Serviço Social, Educação e Inserção. 

ABSTRACT:

This article makes a survey of the importance of the insertion of the professional in Social Service in public school units, because the formation of professionals who are present in the area of education, does not have the capacity to act in the confrontation of the social demands expressed within schools. These demands existing in schools are relevant to the Social Service professional, that will contribute with the educational process.

INTRODUÇÃO

Este artigo visa contribuir com o debate em torno da inserção do profissional de Serviço

Social nas escolas públicas brasileiras. Para elucidar sobre a importância, os desafios e as possibilidades de inserção do assistente social nesse espaço sócio-ocupacional, inicialmente, propomos uma reflexão envolvendo capitalismo e educação.

Ao analisarmos as características da política de educação no Brasil identificamos que,

os reflexos da alarmante desigualdade social gerada pelo sistema capitalista, também

podem ser identificados no processo educacional das escolas públicas.

Tal consideração nos leva a refletir como se dá a intervenção do assistente social na área educacional, partindo da identificação de demandas provenientes das refrações da questão social, apresentadas nas escolas públicas que justificam a importância da presença desse profissional também no âmbito educacional, ocasionando mudanças que influenciaram na forma que a condução da educação é feita no Brasil. A estrutura teórica que utilizamos para a elaboração desse artigo possibilitou-nos, uma leitura crítica e mais clara dos reais processos sociais presentes no espaço educacional, que nos levou a identificar possibilidades para a inserção do assistente social no campo educacional, questão que vem sendo debatida através de pautas pontuais como as que envolvem os Projetos de Lei que vêm sendo articulados para garantir a inserção do profissional de Serviço Social nas escolas públicas, uma vez que existem demandas nesse espaço sócio ocupacional que legitimam a presença profissional do assistente social, pois sua formação teórico metodológica, técnico-operativa e seu direcionamento ético-político lhe dão base para atuar em parceria com os demais profissionais da área educacional, para que juntos possam elaborar propostas qualificadas de enfrentamento para as demandas apresentadas no processo educacional.

DESENVOLVIMENTO:

Cabe ao assistente social não só diagnosticar, mas propor alternativas para as problemáticas sociais vividas por muitas crianças. Dentre essas problemáticas destacamos a evasão escolar que se caracteriza hoje como um grande nó a ser desfeito pelos profissionais que atuam na escola. O serviço Social na educação ainda encontra um desafio que é o de construir uma prática de qualidade no meio educacional em favor da igualdade e da justiça social. A escola por sua vez encontra o desafio de contornar a grande demanda por vagas que nem sempre são proporcionais aos números disponíveis na rede pública.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (33.1 Kb)   pdf (266.2 Kb)   docx (889.3 Kb)  
Continuar por mais 18 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com