TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Engenheiro na indústria de papel e celulose

Resenha: Engenheiro na indústria de papel e celulose. Pesquise 790.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  24/5/2013  •  Resenha  •  469 Palavras (2 Páginas)  •  420 Visualizações

Página 1 de 2

Um dos objetivos do Engenheiro na indústria de papel e celulose é desenvolver

soluções tecnológicas de software que aperfeiçoem seus processos industriais.

Para isso, convidamos você e sua equipe a participarem de um projeto de

informatização de uma indústria de papel e celulose, cabendo a vocês a responsabilidade

pelo módulo de otimização de corte de bobinas de papel. Esta solução de software deve

maximizar a utilização da Bobina Jumbo reduzindo a perda por Refugo Comercial (parte da

bobina que não é utilizada para comercialização. As perdas na indústria de papel

representam cerca de 2,5% de seus custos de produção e por isso é maior alvo quando se

trata de redução de custos no processo de fabricação.

A maximização do corte das Bobinas Jumbo pode representar a viabilidade de

produção de um pedido para um cliente. Dependendo do volume de perda gerada pela não

utilização completa da bobina, um gerente de produção pode optar por descartar esta

fabricação e atender a outras que permitam uma otimização do corte (maior aproveitamento

da largura de bobina disponível).

Para definir quais os pedidos possuem as características adequadas para utilização

máxima da Bobina Jumbo, as empresas do segmento de papel e celulose adotam tecnologias

computacionais (softwares) que tem a capacidade de combinar as possibilidades de corte

baseado nos formatos solicitados nos pedidos. A seguir a definição completa do problema a

ser resolvido e as informações que devem ser consideradas na decisão.

Uma empresa da área de papel e celulose produz diariamente 300.000 kg de papel. A

produção é feita em bobinas de 5.000 kg cada (Bobinas Jumbo, recebem esse nome pelo seu

tamanho e peso), que são fracionadas em bobinas menores de 250 kg a 1.000 kg (Bobinas

Filhas2).

A bobina produzida na forma bruta, com 5.000 kg aproximadamente, possui como

peso tara3 de 800 kg referentes ao eixo onde o papel está enrolado. A Figura 1 apresenta as

dimensões desta bobina, denominada na indústria de papel e celulose como Bobina Jumbo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com