TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Perfil Socioencominco, Antropométrico...

Monografias: Perfil Socioencominco, Antropométrico.... Pesquise 785.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  4/2/2013  •  347 Palavras (2 Páginas)  •  631 Visualizações

Página 1 de 2

Perfil socioeconômico, antropométrico,

bioquímico e estilo de vida de pacientes

atendidos no programa “controle de peso”

Socioeconomic status, anthropometric, biochemical and life

style profile of patients assisted in “weight control” program

Artigo original

1 Curso de Graduação em

Nutrição da Universidade

Federal de Goiás, Goiânia, Brasil.

2 Faculdade de Nutrição da

Universidade Federal de Goiás,

Goiânia, Brasil

Correspondência

Maria Luiza Ferreira Stringhini

Aprovado em 03/setembro/2006

Juliana Nunes Ramos1

Larissa Cristina Damacena1

Maria Luiza Ferreira Stringhini2

Nélida Schmid Fornés2

Resumo

Objetivo: analisar os prontuários dos participantes do Programa “Controle

de Peso” do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás.

Método: estudo transversal de 199 prontuários para avaliação do perfil

socioeconômico, antropométrico, bioquímico e estilo de vida dos pacientes.

Resultados: observou-se que 93,97% eram de pacientes do sexo feminino,

com idade média de 42 ± 11,9 anos, 65,33% dos pacientes tinham apenas o

ensino fundamental e 76,38% possuíam uma renda mensal familiar de até 5

salários mínimos. A freqüência de sobrepeso, obesidade graus I, II e III foi

de 20,10%; 38,69%; 21,61% e 19,60%, respectivamente. A circunferência

da cintura foi mensurada em 159 indivíduos e, dentre eles, 89% das mulheres

e 83% dos homens apresentavam valores acima da referência. A intolerância

à glicose foi constatada em 13,26%, diabetes em 8,04%, níveis de HDL-c

diminuídos em 28% e níveis de colesterol total, LDL-c e triglicérides elevados

em 56%, 49% e 36%, respectivamente. Verificou-se que 68% dos pacientes

tinham história familiar de obesidade. Em relação às atividades laborais

97,5% dos pacientes trabalhavam e 55% não praticavam atividade física. O

apetite elevado foi relatado por 71% dos indivíduos e 60% realizavam de 3

a 4 refeições por dia, além de se alimentar com freqüência entre as refeições.

Observou-se que 93% dos indivíduos não fumavam e 80% não consumiam

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.8 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com