TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Review of Social Sciences

Seminário: Review of Social Sciences. Pesquise 798.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  6/10/2014  •  Seminário  •  654 Palavras (3 Páginas)  •  78 Visualizações

Página 1 de 3

Texto de apoio 3-Visão global sobre as ciências sociais

1-Processo histórico de constituição das ciências sociais

As ciências sociais não se teriam formado sem a dinâmica e o impacto do contributo de outras

áreas, uma vez que o estudo das ciências sociais, sofre influências de todas as outras áreas do

saber (como a demografia, a economia, a politica, a cultura, etc) bem como das características

e consequências de acontecimentos históricos e socais. Daí que, estas ciências, traduzam

diferentes tipos de desenvolvimento, definidos pelos tipos de problemas que vão surgindo nas

sociedades.

O propósito de Comte, (1798-1857) era a reforma da sociedade. Defendia que se encontrava

perante dois modelos: o conservador que pretendia fazer reviver os valores Antigo Regime, e

os revolucionários que queriam alterar a natureza humana por via das mudanças

institucionais, políticas e sociais. No entanto, Comte aproveitou o melhor dos dois ideais. Dos

conservadores, guardou a ideia de valorizar o passado e dos revolucionários, aceitou a

representação de mudança social. A mudança não é o resultado da ação direta, de índole

política, mas coordenada por uma análise científica do estado da sociedade, ou seja, a

mudança deve acontecer mas para ser eficaz deve ser baseada num conjunto de princípios

com fonte científica. Para tomar a política positiva Comte admite três requisitos:fazer

prevalecer a observação sobre a imaginação; considerar a organização social como estando

ligada ao estado da civilização, considerar a marcha da civilização como sujeita a uma lei

baseada na natureza humana. Desta forma, Comte tenta determinar cientificamente a marcha

da civilização.

Comte pretende estabelecer uma relação entre a ciência e a sociedade que este autor

denomina de física social e posteriormente se sociologia, e a totalidade das ciências que a

precederam. Todas as ciências passam por três etapas, que caracterizam o desenvolvimento

fisiológico da pessoa, assim como a evolução das sociedades : (1) a teológica (que é também

fictícia ou imaginária )- que corresponde necessariamente ao ponto de partida da inteligência

humana porque corresponde a um tipo de explicação que revela uma vontade antropomórfica.

(2)A metafísica(ou abstrata)-que não faz mais do que substituir abstrações ou entidades às

vontades na explicação dos fenómenos naturais e sociais, que é provisória e transitória, e

corresponde a um estado de crise na sociedade.

(3) A positiva ou científica- corresponde ao estado fixo e definitivo da inteligência, onde a

imaginação se submente à observação onde a procura de causas cede o passo à elaboração de

leis. E é neste última etapa que o Comte que a classificação das ciências sociais evolui. Para

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com