TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Fosforilação oxidativa ou cadeia transportadora de elétrons

Por:   •  13/12/2016  •  Pesquisas Acadêmicas  •  801 Palavras (4 Páginas)  •  124 Visualizações

Página 1 de 4
  • FOSFORILAÇÃO OXIDATIVA
  • É o estágio final da respiração celular
  • É responsável pela maior parte do ATP sintetizado na maioria dos organismos
  • As proteínas estão dispersas na membrana interna da mitocôndria (Possui permeabilidade seletiva)
  • O NADH carrega elétrons das reações catabólicas até seu ponto de entrada na cadeia respiratória. O NADPH geralmente supre elétrons para reações anabólicas.
  • Os organismos aeróbicos são maiores que os anaeróbios pois produzem mais energia, com o uso do O2, no metabolismo
  • Respiração aeróbica:
  • Glicólise -> Ciclo de Krebs -> Fosforilação Oxidativa
  • Os organismos aeróbicos derivam dos organismos anaeróbicos
  • Tem a função de reciclar as coenzimas NADH e FADH2
  • O oxigênio atua como o Aceptor de elétrons

  • Complexo I – NADH-Q-Redutase/NADH-desidrogenase/NADH: Ubiquinona-oxidoredutase
  • Nesse complexo entram os elétrons trazidos pela coenzima NADH
  • Os elétrons trazidos são transportados pela coenzima Q até o complexo III.
  • Íons Fe2+ e S

  • Complexo II – Succinato-desidrogenase
  • Nesse complexo entram os elétrons trazidos pela coenzima FADH2
  • Os elétrons trazidos são transportados pela coenzima Q até o complexo III
  • Complexo III – Citocromo-Redutase
  • A proteína periférica Citocromo-C aderida ao Complexo III transporta os elétrons trazidos pela coenzima Q até o complexo IV
  • Complexo IV – Citocromo-Oxidase
  • É nesse complexo que o O2 (Aceptor/imã) recebe os elétrons do citocromo C
  • Íons Fe2+, S2+ e Cu2+
  • Proteínas transmembrana (integrinas)
  • NADH-Q-Redutase (Complexo I)
  • Citocromo-Redutase (Complexo III)
  • Citocromo-oxidase (Complexo IV)
  • Bombeiam prótons H+ para o espaço intermembrana (Localizado entre a membrana interna e a externa).
  • Proteínas Periféricas
  • Succinato-desidrogenase (Complexo II)
  • Não bombeia prótons para o espaço intermembrana

Seus prótons são bombeados pela proteína do complexo III

  • O Processo resulta na Reoxidação das Coenzimas NADH e FADH2 para que possam ser reutilizadas

  • O        bombeamento de prótons é necessário para ativar o Complexo V        
  • Complexo V – ATPase/ATPsintase
  • Essa proteína é responsável pela fosforilação do ATP, com a utilização da energia da cadeia transportadora de elétrons
  • Não transporta elétrons
  • Também uma proteína integral (transmembrana)
  • Constituída por duas subunidades:
  • F0
  • Funciona como um canal bombeador de prótons, na os mesmos passam do espaço intermembrana para a matriz mitocondrial.
  • F1
  • É a subunidade responsável pela fosforilação do ADP a ATP, obtém energia a partir da passagem de prótons pela mesma, que gera uma rotação que produz energia química.

  • Ao atravessar a proteína, os prótons H+ se ligam ao O2, reduzindo-o à H2O
  • Inibidores
  • Complexo I – Competitivo e Reversível
  • Rotenona, Amitol e Puricidina-A
  • Reduz a produção de energia
  • Complexo II – Competitivo e Reversível
  • Malonato
  • Reduz a produção de energia
  • Complexo III
  • Antimicina-A
  • Interrompe a produção de energia
  • Complexo IV
  • Cianureto, Azida e CO
  • A inibição desse complexo pode levar o indivíduo à morte, por conta da paralização do uso de O2
  • Complexo V
  • Oligomicina e Aurovertina
  • Atuam na Subunidade F0
  • Ventrumicidina
  • Atuam na Subunidade F1
  • Desacoplador
  • Complexo V – DNP (Di-nitro-fenol)
  • Rouba os prótons H+

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.7 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com