TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Relatório de Prática Ginástica de Neuroanatomia

Por:   •  28/6/2020  •  Relatório de pesquisa  •  943 Palavras (4 Páginas)  •  12 Visualizações

Página 1 de 4

CLARETIANO CENTRO UNIVERSITÁRIO

JANAÍNA LOPES FÉLIX PEREIRA – 8091003

RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS:

NEUROANATOMIA

JUIZ DE FORA

JUNHO/2020

  RELATÓRIO: NEUROANATOMIA

Nesse vídeo, o professor explica sobre as estruturas do plexo braquial, plexo lombo sacral e os nervos cranianos, sobre suas localizações e respectivas funções.

Na primeira parte da web aula, o professor nos apresenta o plexo braquial, que é formado pelos ramos ventrais dos nervos espinhais de C5 a C8 (C = Cervical) e T1 (T = Torácica) que emergem dos músculos escalenos anterior e médio, na maioria das pessoas, mas também pode ser formado pela raiz C4 e T2 (forma sempre o nervo intercostobraquial).

O plexo radial é dividido em Ramos ventrais do nervo espinhal, troncos nervosos, superior, médio e inferior. Raízes posteriores e anteriores. Fascículo lateral, medial e posterior. Nervos colaterais e terminais.

Os nervos nos ramos ventrais do plexo braquial, são:

 A raiz de C5 forma o nervo escapulo dorsal: inversão sensitiva e motora dos músculos romboides maior e menor.

A raiz de C5, C6 e C7: forma o nervo torácico longo que atua na inversão sensitiva motora do músculo serrátil anterior.

  A raiz de T1: forma o nervo intercostal, que inerva sensitivamente e motor o músculo intercostal.

Sobre os ramos do plexo braquial, podemos citar o tronco superior, o médio e o posterior.

O tronco superior é formado pelos ramos C5 e C6, que origina os nervos supra escapular ou supra espinhal e infra espinhal. Esses dois músculos são parte do manguito rotador.  Também se divide em raiz anterior e outra posterior.  

O tronco médio é formado pelo ramo C7, que se subdivide em uma raiz anterior e outra posterior que forma o fascículo lateral e posterior.

O troco posterior é formado pelos ramos C8 e T1, que se subdivide em uma raiz anterior e outra posterior que forma o fascículo medial e o fascículo posterior.

As raízes anteriores do tronco superior e médio formam o fascículo lateral, que origina o nervo peitoral lateral (nervo colateral) e o nervo musculo cutâneo e forma a raiz lateral do nervo mediano (nervo terminal). Este trecho, refere-se ao fascículo lateral.

O fascículo médio, é formado pelas raízes anteriores do tronco inferior, que origina os nervos peitoral medial, cutâneo medial do braço, cutâneo do antebraço (nervos colaterais) e o nervo ulnar (nervo terminal).

As raízes posteriores de todos os troncos formam o fascículo posterior que origina os nervos subescapular superior e inferior, nervo toracodorsal (nervos colaterais) e nervo axilar radial (nervos terminais).

Sobre os nervos do plexo braquial; no fascículo lateral encontra-se o nervo peitoral, que é responsável por inervar o músculo peitoral maior.

Já no fascículo medial, o nervo peitoral medial, que é responsável pela inervação dos músculos, peitoral maior e menor. O nervo cutâneo medial do braço, que é responsável pela inervação da pele do braço, na face medial.

O nervo cutâneo medial do antebraço, é responsável pela inervação da pele, do antebraço na face medial.

Os nervos colaterais do plexo braquial, são: nervo subescapular superior (inervação do músculo subescapular) e inferior (inervação do músculo redondo maior), e nervo subescapular e nervo toracodorsal (inervação do músculo latíssimo do dorso). Todos, no fascículo posterior.

Os nervos terminais do plexo braquial, são: nervo músculo cutâneo (inervar a pele e os músculos coracobraquial, músculo bíceps braquial e músculo braquial. Nervo axilar, que é responsável por inervar a pele e o músculo deltóide e o músculo redondo maior. O nervo radial, é responsável por inervar a pele o músculo Tríceps braquial, Ancôneo, Braquioradial, extensor radial longo do carpo, extensor radial curto do carpo, extensor do dedo, extensor do V dedo, extensor ulnar do carpo, extensor longo do polegar, extensor do indicador, abdutor longo do polegar, extensor curto do polegar e supinador.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.4 Kb)   pdf (66.8 Kb)   docx (9.1 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com