TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Os Tipos de Intervenção da Ergonomia

Por:   •  11/1/2019  •  Trabalho acadêmico  •  1.569 Palavras (7 Páginas)  •  14 Visualizações

Página 1 de 7

[pic 1][pic 2][pic 3][pic 4][pic 5][pic 6][pic 7][pic 8]

Índice

Introdução        1

Desenvolvimento        3

2.1        Ergonomia        3

2.2.1        Conceito de ergonomia        3

2.2.2        Objetivos da ergonomia        3

2.2.3        Tipos de intervenção da ergonomia        4

2.2.4        Causas e consequências        4

2.2        Ergonomia nos laboratórios        5

2.3        Postura        5

3. Bibliografia        8

        

Índice de figuras

Figura 1 - Origem de ergonomia        3

Introdução

O desenvolvimento de atividades práticas é essencial para o aprendizado do aluno, em qualquer fase de sua formação académica.

No ensino superior, especialmente na área das ciências, as aulas práticas em laboratórios permitem que os alunos visualize ações, reações, além de executar e vivenciar, de forma real, procedimentos e técnicas, levando-os a desenvolver efetivamente as habilidades e competências inerentes à sua formação profissional. Por outro lado, o laboratório de aulas práticas, como todos os laboratórios, requerem atenção e cuidados especiais por serem locais complexos e dinâmicos.

Os laboratórios são locais de trabalho que necessariamente não são perigosos, desde que certas precauções sejam tomadas. Acidentes em laboratórios ocorrem frequentemente em virtude da falta de atenção. Todo aquele que trabalha e/ou utiliza o laboratório tem a responsabilidade e evitar atitudes que possam causar acidentes e possíveis danos para si e para os restantes.

Quem faz uso de um laboratório deve, portanto, adotar sempre uma atitude atenciosa, cuidadosa e metódica no que faz. Deve, particularmente, concentrar-se no trabalho que está a ser efetuado e não permitir qualquer distração enquanto trabalha e da mesma forma não deve distrair os restantes enquanto desenvolvem trabalhos no laboratório. Com a contenção do risco de acidentes e exposição a agentes potencialmente nocivos ao corpo técnico, docentes, discentes e ao meio ambiente, de modo que este risco seja minimizado ou, até mesmo, eliminado.

Entretanto, esse objetivo só pode ser alcançado contando-se com a seriedade e responsabilidade de todos. Deve-se assim, procurar construir esta atitude, esta postura, durante seus trabalhos neste laboratório; além de aumentar a segurança, permitirá uma melhor aprendizagem, e os resultados de sua pesquisa ou aulas práticas serão mais confiáveis.

É com intuito de promover boas práticas nos laboratórios da área básica da quimica e da biologia, que há regras que se devem seguir e procedimentos a cumprir com o objetivo de criar um ambiente de trabalho onde se promova o bem estar de quem realiza o trabalho com a área de trabalho onde o realiza, ou seja, a ergonomia.

Existe uma grande variedade de riscos nos laboratórios devido à presença de substâncias químicas, tóxicas, irritantes entre outras (laboratório químico) e agentes patogénicos (laboratório biológico), porém, além do risco de trabalhar diariamente com materiais e substâncias perigosas, os trabalhadores de laboratório também estão expostos a muitos riscos ergonómicos devido à natureza do trabalho e pesquisa que realizam.

Os riscos ergonômicos associados ao laboratório são os mesmos que os se encontram num escritório ou indústria em geral.

Esses fatores de risco incluem posturas incómodas ou sustentadas, movimentos altamente repetitivos, força excessiva ou tensão, tensões de contato e vibração. Todavia, no laboratório, boas práticas de trabalho ergonómico são muitas vezes ignoradas, podendo causar então problemas que serão referidos ao longo deste trabalho.

Desenvolvimento

  1. Ergonomia

  1. Conceito de ergonomia

A palavra ergonomia tem origem grega e derivada de duas outras:[pic 9]

  • “Ergo” = que significa trabalho
  • “Nomos” = que significa regras.

Ergonomia é a ciência que estuda a atividade do Homem enquanto trabalhador e/ou utilizador de produtos, no sentido de definir as condições de realização dessa atividade e garantir a sua segurança, saúde, conforto e, se necessário, a produtividade em termos qualitativos e/ou quantitativos.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.2 Kb)   pdf (274 Kb)   docx (455.5 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com