TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Anatomia

Por:   •  4/6/2015  •  Dissertação  •  1.262 Palavras (6 Páginas)  •  120 Visualizações

Página 1 de 6

APARELHO URINÁRIO

INTRODUÇÃO:

O aparelho urogenital e composto pelos órgãos responsáveis pela produção e excreção de urina (aparelho urinário) e produção de gametas (aparelho genital).

O aparelho urinário é constituídos pelos órgãos uropoiéticos, ou seja, incumbidos de elaborar a urina e armazená-la temporariamente, até a oportunidade de ser eliminada para o exterior.

Este aparelho pode ser dividido em órgãos secretores, que produzem a urina, e órgãos excretores que são encarregados de processar as drenagem da urina para fora do corpo. Os órgãos secretores são os rins, enquanto que os excretores formam um conjunto de tubos entre os quais se intercala um reservatório, que é a bexiga urinária.

Da bexiga parte um tubo impar, que vai se abrir no meio ambiente, chamado uretra.

No macho a uretra é comum para a urina e para o esperma. Enquanto que na fêmea são completamente independentes.

RIM

É um órgão par (direito e esquerdo), com forma comparável a de um feijão, de coloração vermelho marrom.

Estão situados contra a parede dorsal do abdome, em cada lado da coluna vertebral, sendo o esquerdo ligeiramente deslocado no sentido cranial em relação ao direito.

Cada rim apresenta duas faces, dois bordos e dois pólos. As duas faces, uma dorsal e outra ventral, são lisas, porem e ventral é mais abaulada e a dorsal mais plana. Quanto as bordas uma é medial e a outra lateral, a primeira é côncava e apresenta o hilo renal, que nada mais é do que o local onde penetram e saem as artérias, veias e nervo renais. o hilo conduz ao seio renal que acomoda a pelve renal.

Cranialmente ao pólo cranial encontra-se uma formação independente ao rim e com o qual mantém somente relação de contigüidade, que é a glândula supra-renal.

 Os rins estão cobertos por uma cápsula de tecido conjuntivo. Se fizermos um corte frontal encontramos abaixo desta cápsula em córtex externo e uma medula interna. É no córtex que se localiza o nefron – unidade funcional do rim – que converge para a pelve renal, uma dilatação em forma de funil que recebe a urina dos glomérulos e conduz aos ureteres.

Vale lembrar que no felino a cápsula renal encontra-se sulcada por vasos subcapsulares, dando um aspecto lobular ao rim.

URETER

Os ureteres são tubos mais ou menos uniforme, delgados, que tem inicio na pelve renal,seguindo um trajeto junto ao teto do abdome, em direção caudal e terminam na bexiga urinária.

   

BEXIGA

É um órgão oco, com formato piriforme, constituída de músculo liso com grande capacidade de distensão.

Estando completamente vazia encontra-se dentro da cavidade pélvica sobre os ossos púbicos, quando cheia se estande até a parte mais caudal do abdome.

URETRA

É um tubo músculo-membranoso que tem a função de expelir a urina da bexiga para o meio externo. Nos machos a uretra dá passagem para o sêmen. Nas fêmeas ela é curta, estendendo-se do óstio uretral interno até o óstio uretral externo, que se abre no vestíbulo da vagina. Nos machos a uretra está dividida em uretra pélvica, segmento que se estende do óstio uretral interno até a raiz o pênis; e uretra peniana, que é a parte da uretra que percorre o interior do pênis e termina no óstio uretral externo, que se abre na glande do pênis.

O músculo uretral é composto de musculatura estriada esquelética, que atua como esfíncter controlando a saída da urina.

APARELHO REPRODUTOR FEMININO

 É composto por um conjunto de órgãos responsáveis por quatro funções básicas: produção de gametas femininos (óvulo), produção de hormônios, cópula e acolhimento e desenvolvimento do embrião. Os órgãos são: ovários, tubas uterinas, útero, vagina e vulva.

OVÁRIOS

São órgãos parenquimatosas (sólidos) pares com funções endócrina e exócrina. A função endócrina está relacionada com a produção de hormônios (estrógeno e progesterona) e exócrinas com a produção de gametas, os óvulos.

Cada ovário tem forma elipsóide. Localizando-se ao lado da coluna lombar caudal aos rins.

TUBAS UTERINAS

São condutos estreitos, responsáveis por capturar o óvulo no momento da ovulação, através de uma estrutura em forma de funil, chamado de infundíbulo. A outra extremidade encontra-se preso ao corno uterino.

ÚTERO

É a parte dilatada do aparelho reprodutor feminino, responsável pelo desenvolvimento do zigoto – embrião – feto.

Anatomicamente é dividido em cornos, corpo e cérvix ou colo. Os cornos uterinos são longos, retos e divergentes. Corpo é um segmento curto e reto que se interpõe entre os cornos e o colo. O colo ou cervix também e curto e reto, mas apresenta paredes muitas espessas, internamente apresenta um óstio que se abre para o corpo (óstio uterino interno) e outro que se abre para a vagina (óstio uterino externo). Entre os óstios forma o canal cervical, que sempre está fechado, exceto durante o cio, poucos minutos antes e depois do parto.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.4 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »