TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Importancia Das Novas TIC No Processo Ensino Aprendizagem

Por:   •  13/4/2014  •  861 Palavras (4 Páginas)  •  489 Visualizações

Página 1 de 4

A importancia das novas TIC no processo ensino aprendizagem

1. INFLUÊNCIA DA TV, RÁDIO E INTERNET --Os meios de comunicação exercem uma influência avassaladora na população. Só vinte por cento das pessoas lêem jornal , enquanto noventa e cinco por cento vêem televisão e ouvem rádio. A televisão e o rádio dizem que só querem entreter, mas, ao mesmo tempo, vão disseminando idéias , emoções, valores.

2. Eles educam informalmente, continuamente, voluntariamente, porque ninguém é obrigado a assistir. Sabem como se comunicar com a população, captar suas ansiedades e desejos. A escola não pode continuar ignorando esses meios, precisa discuti-los, analisá-los e utilizá-los.

3. Entretanto, para evitar ou superar o uso ingênuo dessas tecnologias, é fundamental conhecer as novas formas de aprender e de ensinar, bem como de produzir, comunicar e representar conhecimento , possibilitadas por esses recursos, que favoreçam a democracia e a integração social.

4. Para obter resultados satisfatórios na utilização de tecnologias no ensino e na aprendizagem, é necessário ter clareza das intenções e objetivos pedagógicos , das possíveis formas de representação do pensamento, das características de narratividade, roteirização e interação entre as tecnologias.

5. Por conseguinte, as mudanças dos ambientes educativos com a presença de artefatos tecnológicos e linguagens próximas do universo de interesses do aluno proporcionam o acesso a uma gama diversa de manifestações de idéias , permitem a expressão do pensamento imagético e criam melhores condições para a aprendizagem e o desenvolvimento do ser humano e da civilização.

6. A TV e a educação José Manuel Moran

o A informação e a forma de ver o mundo predominante no Brasil provêm fundamentalmente da televisão. Ela alimenta e atualiza o universo sensorial, afetivo e ético que crianças e jovens - e grande parte dos adultos - levam a para sala de aula. Como a TV o faz de forma mais despretensiosa e sedutora, é muito mais difícil para o educador contrapor uma visão mais crítica, um universo mais abstrato, complexo e na contramão da maioria como a escola se propõe a fazer.

7. O que tentamos contrapor na sala de aula, de forma desorganizada e monótona, aos modelos consumistas vigentes, a televisão, o cinema, as revistas de variedades e muitas páginas da Internet o desfazem nas horas seguintes. Nós mesmos, como educadores e telespectadores, sentimos na pele a esquizofrenia das visões contraditórias de mundo e das narrativas (formas de contar) tão diferentes dos meios de comunicação e da escola.

8. A TV fala da vida, do presente, dos problemas afetivos - a fala da escola é muito distante e intelectualizada - e fala de forma impactante e sedutora - a escola, em geral, é mais cansativa, concorda?

9. Os meios de comunicação mexem com o emocional, com as nossas fantasias, desejos e instintos. Passam com incrível facilidade do real para o imaginário, aproximando-os em fórmulas integradoras, como nas telenovelas.

10. Por que será que os meios de comunicação cativam e provocam tanto impacto? A TV fala primeiro do "sentimento" - o que você sentiu", não o que você conheceu ; as idéias estão embutidas na roupagem sensorial, intuitiva e afetiva. A televisão e o vídeo partem do concreto, do visível, do imediato, próximo,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.6 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com