TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

APS ELEMENTOS DE MAQUINAS

Por:   •  26/7/2020  •  Trabalho acadêmico  •  729 Palavras (3 Páginas)  •  10 Visualizações

Página 1 de 3

[pic 1]

ECET – Escola de Ciências Exatas e Tecnológica

Disciplina

ELEMENTOS DE MÁQUINAS

Curso

ENGENHARIA MECÂNICA

Professor

ANTÔNIO ANDRADE

Alunos(a)s/ Matrícula:

Isaac Moreira (030141227); Jovana da Silva (032182026); Marcelo Rocha (032162043); Rafael Oliveira (032152046);

Tainara Santos (032171197).

Avaliação

APS

22/06/2020

APS – CORREIAS

INTRODUÇÃO

Correias e polias são um dos meios mais antigos de transmissão de movimento. São elementos flexíveis, normalmente utilizados para transmissão de potência entre dois eixos paralelos distantes. Elas são fabricadas em várias formas e em diferentes materiais.

As correias são muito utilizadas nas indústrias de máquinas operatrizes e automotivas, e são comumente encontradas em diversos equipamentos, desde pequenos aparelhos eletrônicos até equipamentos industriais de grande porte.

[pic 2]

[pic 3]

[pic 4]

O grande sucesso na utilização das correias é devido, principalmente, a boa economia proporcionada por esse tipo de transmissão, sua grande versatilidade e segurança.

Razões econômicas

  • Padronização;
  • Facilidade de montagem e manutenção;
  • Não necessita de lubrificação;
  • Durabilidade (quando projetadas e instaladas corretamente);

Razões de segurança

  • Reduzem significativamente choques e vibrações, por conta da sua flexibilidade e do material projetado, onde proporciona uma melhor absorção de choques, e amortecimento, evitando a sua propagação;
  • Limitam sobrecargas, pela ação do deslizamento;
  • Funcionamento silencioso;

Razões versáteis

  • Permitem grandes variações de velocidades;
  • Possibilitam rotações no mesmo sentido (correia aberta), e em sentidos opostos (correia fechada);

  1. CARACTERÍSTICAS

As principais características das transmissões por correias são:

  • É uma transmissão essencialmente por atrito, e este é resultante de uma compressão inicial entre a polia e a correia, através de uma carga inicial quando estacionária;
  • É adequada para grandes distâncias entre eixos;

  1. APLICAÇÕES

As aplicações são as mais diversas. Seguem alguns exemplos abaixo:

Variadores escalonados de velocidade – Transmissões por correia com relação de multiplicação de variável em degraus. Diâmetros das polias devem ser feitos de tal maneira que o comprimento necessário da correia seja suficiente para todos os degraus (Figura 2).

Variadores contínuos – São normalmente utilizados para a relação de transmissão (i) entre 0,8 e 1,2, com graduação através do deslocamento axial dos discos cônicos, onde os diâmetros úteis (dm) das polias motora e movida variam opostamente, de tal forma que se conserva a tensão, sem a variação da distância entre os eixos (Figura 2.1).

[pic 5]

[pic 6]

  1. NOVAS TECNOLOGIAS

CORREIAS APLICADAS NO CAMBIO CVT

  • Correias V

As Correias em v, também são conhecidas com o nome técnico de correias sextavadas ou correias de duplo ‘v’, e proporcionam força por meio de atrito entre as laterais da correia plástica que são tensionadas.

As Correias em v também são muito utilizadas por fornecerem mais de um acionamento reverso, dessa forma, as engrenagens podem ofertar potência para dois lados, com a força e direcionamento do projeto do motor. Nesse sistema de distribuição de força, as correias oferecem o máximo de desempenho, sem precisar esticar muito.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.3 Kb)   pdf (541.3 Kb)   docx (2.2 Mb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com