TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Calibração de um sistema fotovoltaico conectado a uma rede de distribuição elétrica para uma residência localizada na cidade de Vitoria-ES

Por:   •  27/12/2014  •  Abstract  •  537 Palavras (3 Páginas)  •  306 Visualizações

Página 1 de 3

RESUMO

A preocupação com o desenvolvimento sustentável têm levado diversos países a investir nas fontes renováveis, o que tem ampliado a participação destas na matriz energética mundial. Dentre as fontes renováveis, a energia solar destaca-se por ser uma fonte limpa, inesgotável e disponível em qualquer lugar do planeta.

No ano de 2012, entrou em vigor no Brasil a resolução nº 482, que estabelece condições para a mini e microgeração distribuída para fontes com base em energia renovável, entre elas a energia solar. Com base nesta resolução, pequenos e médios consumidores têm se interessado cada vez mais em produzir a própria energia, incentivados dentre outros fatores, pelo sistema de compensação de energia. Em relação à microgeração, os sistemas fotovoltaicos deverão ser a tecnologia predominante no país.

Neste artigo será realizado o dimensionamento de um sistema fotovoltaico conectado à rede de distribuição elétrica para uma residência localizada na cidade de Vitória-ES. Concomitantemente, será realizado um levantamento de custo dos componentes deste sistema e uma breve análise de viabilidade econômica.

Palavras-chave: Energia solar, Sistema Fotovoltaico, Microgeração Distribuída.

ABSTRACT

The concern for sustainable development have led several countries to invest in renewables, which have expanded their participation in the global energy mix. Among renewable sources, solar energy stands out for being a clean source, inexhaustible and available anywhere on the planet.

In the year 2012, came into effect in Brazil, the Resolution No. 482 establishing conditions for mini and micro distributed to sources based on renewable energy, including solar energy. Based on this resolution, small and medium consumers have become increasingly interested in producing their own energy, encouraged among other factors, by the power compensation system. In relation to micro-generation, photovoltaic systems should be the predominant technology in the country.

In this paper, it will be realized a sizing of a photovoltaic system connected to the electrical network, for a residence in the city of Vitoria-ES. At the same time, it will be made a research about the cost of the components of this system and a brief analysis of the economic feasibility.

Keywords: Solar Power, Photovoltaic System, Distributed Micro-generation.

1. INTRODUÇÃO

Nas ultimas décadas vem crescendo no âmbito mundial a preocupação no que se refere ao desenvolvimento sustentável. Essa preocupação justifica-se em grande parte ao fato de que a base da matriz energética mundial provém de fontes não renováveis, como petróleo, gás natural, carvão mineral e nuclear.

Em virtude desse cenário tem sido criadas, principalmente pelos países desenvolvidos, políticas de incentivo à produção de energia renovável. Estes incentivos são principalmente de natureza econômica, técnica e regulatória.

No Brasil foi criado pela Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) a resolução normativa nº 482, de 17 de Abril de 2012, que dentre outras providências, estabelece as condições gerais para o acesso de microgeração e minigeração distribuída aos sistemas de distribuição e o sistema de compensação de energia elétrica, conhecido como net metering[1]. Esta resolução abre precedentes para o desenvolvimento das fontes de energia renováveis, como a eólica e a solar.

A chegada da minigeração e a microgeração ao país pode trazer muitos benefícios, como a redução de perdas, menor necessidade de grandes projetos de geração, maior participação dos consumidores no atendimento à demanda, etc[2].

Em relação à microgeração, a energia solar fotovoltaica deverá ser a tecnologia predominante, atendendo a residências, condomínios e pequenas unidades comerciais[2].

...

Baixar como  txt (3.8 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »