TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Mpls E Frame Relay

Por:   •  6/6/2013  •  3.338 Palavras (14 Páginas)  •  200 Visualizações

Página 1 de 14

RESUMO

O objetivo deste trabalho é analisar os serviços detelecomunicações – prestados pelas operadoras – baseados

nas tecnologias Frame Relaye MPLS para prover serviços corporativos de suporte à convergência de redes.

Para tanto, foi realizado um estudo de caso, no qual são apresentadas duas soluções baseadas em tais

tecnologias e através destas, é realizada uma análise comparativa onde os resultados são avaliados do ponto

de vista técnico e econômico, apontando o melhor modelo de suporte à convergência para a contratação.

Palavras-chave: Frame Relay,MPLS, serviços de telecomunicações, convergência.

1 INTRODUÇÃO

A década de 90 foi marcada pela explosão da comunicação móvel, pelo surgimento da Internet comercial e

pela introdução de plataformas estatísticas de comunicação, como as redes baseadas em comutação de

pacotes, tudo isso, provocou uma verdadeira mudançacomportamental do mercado, que passou a exigir

serviços cada vez mais integrados, acompanhados de um dinamismo crescente.

No início do século 21, com a solidificação da Internet no mercado e com o uso intensivo das redes de

computadores de longa distância, houve um crescimento no uso de aplicativos, quer sejam corporativos ou

domésticos. As conversas em tempo real, o grande volume de dados e imagens, passaram a requerer alto

desempenho de hardware e disponibilidade da banda de transmissão envolvida.

Desde então, o conceito de prestação de serviços naárea de telecomunicações vem passando por grandes

transformações. Dentre os maiores desafios das empresas de telecomunicações pode ser citado o

desenvolvimento de plataformas que pudessem prover o suporte as mais variadas aplicações de dados, voze

vídeo, integradas e transparentes para o usuário final. O que resultou no atual conceito de convergência.

Além do desafio da constante busca por novas soluções e serviços, as operadoras de telecomunicações,

vivenciam as dificuldades de conviver com as plataformas ditas legadas, da telefonia fixa e de comunicação

de dados. Há também a necessidade de adequar a interação entre tais plataformas, buscando fornecer suporte

à convergência dos seus serviços.

De acordo com Soares e Freire (2002), o termo convergência descreve a tendência do mercado a uma

integração mais forte entre ambientes distintos, como no caso de dados e voz. Situando este conceito para o

universo da tecnologia – informática e telecomunicações – percebe-se que o termo integração, refere-sea

uma única plataforma de suporte capaz de agregar, de forma transparente, os diversos tráfegos de

multimídia, como dados, voz – analógica, digital oumóvel – e vídeo, permitindo a convergência desses

serviços, podendo ser utilizados individualmente ouem conjunto.

Até meados da década passada, as necessidades computacionais e de comunicação eram tratadas de forma

isolada, ou seja, normalmente os serviços ofertadosao mercado eram implementados em plataformas

determinísticas e pouco flexíveis, ocasionando problemas operacionais por falta da integração e

disponibilização de novos serviços. A Figura 1 exemplifica esta situação, apresentando a conectividadeentre

a matriz e as filiais de uma determinada empresa, cujos serviços de telefonia, de transmissão de dados, seja

através de linha dedicada, ou baseados nos protocolos de comunicação Frame Relaye X.25, como também

de videoconferência através da tecnologia RDSI – Rede Digital de Serviços Integrados – são prestados de

maneira

...

Baixar como (para membros premium)  txt (22.9 Kb)  
Continuar por mais 13 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com