TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

VANTAGENS DOS SISTEMA STEEL FRAMING

Por:   •  23/4/2013  •  4.711 Palavras (19 Páginas)  •  638 Visualizações

Página 1 de 19

CASSIO EMMANUEL ZAFFARI SANTA MARIA

LUIZ ALBERTO BAZZAN OAIGEN

Análise de Construções em Light Steel Framing

Professor: Dr. Mário S. Ferreira

Porto Alegre

2012

1- INTRODUÇÃO:

No trabalho proposto, será analisado o sistema de construção de stell framing, como uma nova tecnologia na construção civil brasileira, sendo que em países desenvolvidos da europa já são bem tradicionais, assim como na América do Norte.

Processos predominantemente artesanais, onde são marcantes, baixa produtividade e enorme desperdício, ainda compõem a maior parcela da construção civil brasileira. Entretanto, diante da crescente demanda do mercado por novas edificações e da disponibilidade técnica de alternativas, várias correntes desse setor têm se mostrado abertas ao emprego de soluções industrializadas.

Sistemas construtivos com concepção racionalizadas têm ganhado espaço conforme cresce a aceitação da tecnologia por parte dos setores produtivos e, principalmente dos consumidores.

Algumas das características dos sistemas construtivos industrializados, como mão-de-obra qualificada, produção seriada e em escala de elementos padronizados, racionalização e possibilidade de gestão rígida dos processos e cronograma da obra, se contrapõem aos problemas próprios da construção artesanal.

Os fechamentos verticais industrializados são utilizados atualmente no Brasil com freqüência significativa, sendo o dry-wall (internamente) e os papéis metálicos e de concreto pré-moldado (externamente) suas forças mais comuns. Maior organização e limpeza do canteiro, rapidez e facilidades na execução das vedações, facilidade de controle e menor desperdício de materiais são algumas das vantagens desses fechamentos industrializados sobre a alvenaria tradicional.

2 - APRESENTAÇÃO DO SISTEMA

O Light Steel Framing (LSF) é um sistema construtivo de concepção racionalizada, que vem passar por processo de aceitação e desenvolvimento no mercado de construção nacional.

Trata-se de um sistema caracterizada pelo uso de perfis de aço galvanizado formados a frio, bastante esbeltos e que compõem sua estrutura.

Esse sistema trabalha em conjunto com subsistemas leves (acabamento, cobertura, etc.), também racionalizados, proporcionando uma construção industrializada, com grande rapidez de execução e a seco.

O principal emprego do sistema LSF no Brasil é na execução de habitações unifamiliares de pequeno porte (até dois pavimentos). Seu uso também abrange construções bastante variadas, como hospitais, escolas e edifícios de apartamentos de até quatro pavimentos, além de retrofit de edificações existentes.

Estes painéis se constituem nas paredes da edificação e podem ser estruturais ou simplesmente de vedação. Os painéis estruturais fazem o papel dos pilares e das vigas, de forma similar ao sistema de alvenaria estrutural. Os painéis não estruturais ou de vedação apenas fazem o papel das paredes ou divisórias.

FOTO 1 - Obra de escola em LSF no Rio de Janeiro

3 - PROCESSO DE FABRICAÇÃO DO SISTEMA:

Os perfis podem ser obtidos em perfiladeiras ou em dobradeiras. Os mais comuns são os perfis U simples e U enrijecido, mostrados na figura 2. Os perfis simples são utilizados como guias, ou seja, elementos horizontais do painel, situados nos seus limites superior e inferior, enquanto os perfis enrijecidos são utilizados como montantes, ou seja, elementos verticais que recebem as cargas das lajes e da cobertura. O princípio de formação dos painéis é mostrado na figura 3 (LACERDA; SÁ.; 2012).

Figura 2: Perfis formados a frio utilizados na confecção dos painéis do sistema LSF.

Figura 3: Formação dos painéis.

3.1. Os painéis padronizados

Os painéis do sistema

...

Baixar como (para membros premium)  txt (25.9 Kb)  
Continuar por mais 18 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com