TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

OS OCEANOS COMO ESTEIO DA SUSTENTABILIDADE DA VIDA NA TERRA

Por:   •  27/6/2017  •  Trabalho acadêmico  •  6.677 Palavras (27 Páginas)  •  224 Visualizações

Página 1 de 27

INTRODUÇÃO

Atualmente a humanidade vem sofrendo com as diversas alterações climáticas ocasionadas por nós mesmos. Os oceanos nunca tiveram em primeiro lugar na luta contra a poluição. Estudos comprovam que os impactos para os seres aquáticos podem ser fatais, diversas espécies de animais marinhos estão em extinção. Esse trabalho busca aprimorar os conhecimentos referentes aos oceanos, dando uma ampla abordagem na definição de um oceano até os impactos sofridos por eles. Serão apresentadas as importâncias que essas massas de águas têm para com o planeta, e especialmente na vida do homem. Como geram alimentos, energia e também servem como meio de transporte.

Infelizmente a poluição tem modificado o visual de algumas áreas oceânicas, ilhas de matérias plásticas são comuns em nossos oceanos. O oceano pacifica além de ser o maior também tem a “honra” de levar o título de oceano mais poluído, todos esses impactos levam diretamente ao principal vilão o HOMEM. Os oceanos precisam de ajuda, porque a terra não conseguirá sobreviver sem seus pulmões.

1 OCEANOS

Oceanos são grandes porções de água salgada, que separam os continentes e que ocupam, aproximadamente, 71% da superfície da terra. A menção de Yuri Gagary de que “A terra é azul” se deve à imensa quantidade de água existente no nosso planeta. A divisão para essa área de água é cinco oceanos: Pacífico, Atlântico, Índico, Glacial Ático e o Glacial Antártico. Nem toda porção de água é chamada de oceano: existem mares, canais, golfos e etc. As diferenças entre cada um deles estão ligadas ao seu formato, local e, no caso do oceano, de sua salinidade. Grande parte dessa área está a mais de 3000 metros de profundidade; portanto, ainda não estão bem explorados. O oceano ainda é uma área que o homem não explorou totalmente.

O Oceano Pacífico tem esse nome por ser um oceano mais calmo para se navegar do que o Atlântico. Esse “batismo” foi realizado por Fernão Magalhães, navegador português, aproximadamente em 1520. É o maior oceano da terra em extensão com, mais ou menos, 180 milhões de Km2 de massa aquática e representa um terço do planeta . De todos os oceanos é um dos mais profundos e, por isso, um dos menos explorados, tendo mais de 80% de suas águas abaixo de 3000 metros. Localiza-se entre o continente americano, a Austrália, a Ásia e a Antártida. Uma característica “peculiar” do oceano Pacífico é a grande quantidade de vulcões que existem devido à Placa Tectônica do Pacífico, que está ligada às placas tectônicas das Filipinas, Eurasiana, Indiana, Nazca e à placa Norte Americana. Em virtude de todas essas placas juntas, e a sua fricção, muitos vulcões e terremotos acontecem no Oceano Pacífico. Outra grande incidência no Pacífico é a de mares: grandes mares estão ligados ao Pacífico como Mar do Japão, Mar dos Corais, Mar de Java e outros.

O Oceano Atlântico é o segundo maior oceano do globo e está localizado entre os continentes americanos, africano e europeu, tendo um formato de letra “S”. Seu nome vem da divindade mitológica “Atlas”, um Titã que teria sido o primeiro rei da cidade, também mitológica de Atlântida. Mais tarde, Atlas foi condenada, por Zeus, a carregar os céus eternamente. Apesar de não ser o maior oceano, é o que está ligado a mais países, inclusive o Brasil. Por estar ligado às grandes potências da expansão marítima, ocorrida na revolução comercial no século XV até XVIII, foi o oceano navegado para as primeiras rotas comerciais existentes, como a de Portugal às Índias e ao Brasil. O Oceano Atlântico ocupa em torno de 17% da superfície da terra e 26% da área ocupada por água no planeta. Sua extensão está em torno de 106.200.000 Km2. Em seu interior existe a cordilheira meso-oceânica, resultante do atrito entre as placas tectônicas sul-americanas e da placa Africana. De todos os oceanos é o mais salgado, o segundo em extensão e o que banha mais países. As temperaturas mais altas desse oceano ficam perto do Equador e chegam à 30ºC, já as mais baixas giram em torno de -2ºC, no inverno, próximo ao oceano Antártico. Sua maior profundidade se localiza na Fossa de Porto Rico, alcançando 8.605 metros.

O terceiro maior oceano do mundo é o Índico. Está localizado entre a o continente africano, asiático, antártico e também com Austrália e Indonésia. Tem uma área aproximada de 74.000.000 Km2, menos da metade da área do maior Oceano, o Pacífico. Sua maior profundidade é de 7.455 metros, localizada na fossa de Java. Sua temperatura mais alta está registrada na área do Golfo Pérsico e Mar Vermelho, chegando aos 32º C. Já as temperaturas baixas ficam na divisa com o oceano Antártico, de -1ºC. Esse oceano tem elevada importância econômica: abastece o consumo de peixes e camarões da Ásia e para exportação, serve de rota para o petróleo vindo do Golfo Pérsico e da Indonésia, a grande quantidade de petróleo que abriga além de muitos minérios que são obtidos nesse oceano. Por ser um oceano bem mais calmo que o Atlântico e do que o Pacífico, é o preferido para fazer rotas comerciais, já que são mais fáceis de serem navegados.

Sendo composto pelas águas que banham o continente Antártico, o Oceano Antártico só fica á frente do Oceano Ártico em extensão. São 20.327.000 Km2. É o único que consegue rodear todo o planeta, formando um círculo completo. É também o mais “novo”, já que foi reconhecido oficialmente em 2000, pela Organização Hidrográfica Internacional, que determinou seus limites que, inclusive, são os mesmos do tratado Ártico. Tanto o oceano quanto o continente Antártico são usados para fins pacíficos e de pesquisas por países como França, Nova Zelândia, África do Sul, Estados Unidos e Brasil. Abriga mais de 80% da água doce do mundo. Sua profundidade mais alta está em torno de 5.000 metros. Sua temperatura média varia entre 10 graus positivos e -2 graus. Um detalhe curioso é que esse oceano tem a maior corrente do mundo: a Corrente Circumpolar Antártica, que se move sempre para leste.

O menor oceano é o Ártico. Está localizado no hemisfério norte entre os países: Canadá, Noruega, Suécia, Finlândia, Islândia e Rússia. Sua maior profundidade é de 4 Km, sendo o mais raso entre os oceanos. Já sua área é de 13 milhões de Km2. É também o menos salgado pela baixa evaporação que acontece nas erras em sua volta e pela grande quantidade de águas doce que circulam em seu meio. Sua temperatura não varia muito, estando sempre próxima à temperatura de 0ºC.

2 A IMPORTÂNCIA DOS OCEANOS

As águas oceânicas ocupam 71% da superfície da Terra, o que significa que desempenham

...

Baixar como (para membros premium)  txt (42.5 Kb)   pdf (173.8 Kb)   docx (30.8 Kb)  
Continuar por mais 26 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com