TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O uso de estatísticas para a área de produção e disseminação de conhecimento

Por:   •  4/6/2013  •  Trabalho acadêmico  •  1.179 Palavras (5 Páginas)  •  185 Visualizações

Página 1 de 5

SUMÁRIO

1-INTRODUÇÃO ......................................................................1

2-DESENVOLVIMENTO.............................................................2

3-CONCLUSÃO........................................................................ 6

4-REFERENCIAS..................................................................... 7

INTRODUÇÃO

Neste trabalho analizaremos alguns pontos das materias que estão em estudo no semestre atual, o desenvolvimento aborda principalmente os recursos que a estatística proporciona ao administrador, e os benefícios adiquiridos por parte das organizações que fazem uso do conhecimento das tecnicas científicas, da psicologia organizacional.

DESENVOLVIMENTO

1-Pode a estatística por meio da análize de probabilidade, ajudar as empresas a fazerem previsão de senários e seus planejamentos? A resposta é Sim. Vejamos alguns exemplos:

a) No planejamento estratégico para aplicações de caixa da sociedade, e, que estas aplicações se resumam em investimentos na Bovespa, teríamos a visão dos cenários financeiros, onde o Bradesco divulgou seus lucros, logo atrás vêm os do Itaú, e, após a divulgação dos lucros do banco do Brasil. Estam visão pode resultar em previsão de que nos próximos 15 dias, a Bovespa tenha um cenário estável.

b) A ajuda financeira do governo federal ao grupo OGX (Eike Batista), pela simples divulgação, resultou em elevação das receitas, com tendencia à subita elevação e valorização destes papéis.

c) A combinação estatística da alta da selic com os lucros divulgados pelos bancos, seguramente irão fazer crescer a busca por papéis destes três bancos. A série estatística demonstrada nestes fatos pode ser excelente ferramente de decisão para a aplicação em ações destes bancos.

2- É correto afirmar que o uso da estatística não está restrito aos profissionais da área de matemática. É comum observar que a maioria dos estudantes tem uma visão parcial da utilidade desta ferramenta, restringindo sua aplicação ou à organização de dados numéricos de uma amostra, ou a cálculos de média aritmética, desvio padrão, porcentagens ou à elaboração de gráficos, raramente considerando de maneira global a disciplina e suas aplicações. Entretanto, esta visão não se restringe apenas à iniciação científica, mas a todas as áreas onde ela é utilizada como ferramenta.

Segundo Pereira (1997), a Estatística pode ser considerada a tecnologia da ciência, auxiliando a pesquisa desde o seu planejamento até a interpretação dos dados. Segundo esse autor, a Estatística, além de ser uma técnica de coleta e apresentação de dados (análise exploratória e descrição, gráficos e tabelas) é também modelagem (probabilidade e processos estocásticos), análise indutiva (inferência: testes e estimação) e previsão e controle (verificação).

Para Ramos (2007), a estatística é uma ciência multidisciplinar que abrange praticamente todas as áreas do conhecimento humano. Podem fazer analises e utilizar de resultados estatísticos um economista, agrônomo, químico, geólogo, matemático, biólogo, sociólogo, psicólogo e cientista político. Neste sentido a estatística tem sido utilizada para a otimização de recursos econômicos, aumento da quallidade e produtividade, na analise de decisões políticas e judiciais e tantas outras.

3- A estatistica pode e ajuda aos gestores a organizar e tomar decisões dentro de uma organização empresarial.

Durante o século XX, segundo Salsburg (2009), a Estatística revolucionou a ciência

Através do fornecimento de modelos úteis que sofisticaram o processo de pesquisa na direção de melhores parâmetros de investigação, permitindo

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.7 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com