TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PADRÕES E O DESENVOLVIMENTO DO PENSAMENTO ALGÉBRICO MODELAGEM MATEMÁTICA NO ENSINO DE FUNÇÕES POLINOMIAIS DO 2º GRAU

Por:   •  4/4/2016  •  Artigo  •  1.823 Palavras (8 Páginas)  •  208 Visualizações

Página 1 de 8

PADRÕES E O DESENVOLVIMENTO DO PENSAMENTO ALGÉBRICO

O presente trabalho é uma resenha crítica do artigo “Padrões e o desenvolvimento do pensamento algébrico” da autoria de Antonio Borralho e Elsa Barbosa, tal estudo pretende compreender o significado da utilização, na sala de aula, de padrões num contexto de tarefas de investigação de forma a melhorar o desenvolvimento do pensamento algébrico. O ponto de partida assentou em quatro aspectos: (1) imagem da Matemática; (2) conexões matemáticas; (3) raciocínio algébrico; e (4) comunicação matemática.

No artigo Padrões e o desenvolvimento do pensamento algébrico o autor utiliza como metodologia uma abordagem qualitativa e interpretativa, para compreender o significado da utilização em sala de aula de padrões num contexto de tarefas de investigação. Usando uma metodologia, de estudos de caso apresentando o modo como resolviam tarefas de álgebra, nomeadamente envolvendo sequências pictóricas, durante e depois da experiência.

Quanto à estrutura do artigo apresenta uma linguagem de fácil compreensão, por se tratar de artigo cientifico predomina o caráter dissertativo argumentativo na sua estrutura. A metodologia utilizada é de natureza interpretativa, de tipo qualitativo e na modalidade de estudo de caso.

O autor inicia sua abordagem tendo como foco a importância de debater sobre o pensamento algébrico para o domínio da álgebra.

Na busca por conhecer, interpretar e solucionar as atividades propostas, os alunos acabam se envolvendo de forma ativa com a matemática, e esta deixa de ser estática e “chata” para ser dinâmica. As investigações constituem um contexto extremamente favorável para gerar boas aulas de discussão entre alunos e professor, o qual assume papel de moderador, garantido que sejam comunicados os processos mais significativos e estimulando o questionamento contínuo entre os alunos.

De modo a reassaltar a importância da diversificação metodológica de modo a favorecer o pensamento algébrico e o significado de símbolo. O cuidado com a metodologia adotada de modo a favorecer a aprendizagem, através do desenvolvimento e da compreensão da linguagem algébrica. É de suma importância que o professor consiga envolver os alunos em todas as tarefas.

Uma das formas de favorecer o desenvolvimento do pensamento algébrico é incentivar e valorizar diferentes formas de representação de ideias e relações matemáticas usando recursos diversos: linguagem natural, símbolos matemáticos, tabelas e gráficos.

Sendo que os problemas que envolvem raciocínio algébrico podem ter inúmeras resoluções, deste modo os alunos podem explorar diferentes caminhos de resolução. É neste momento que compete ao professor incentivar ao alunos explorar diferentes caminhos para chegar a resoluções, motivando, orientando e promovendo o desenvolvimento do pensamento algébrico.

Por que é importante a competência algébrica? É importante destacar que durante uma investigação matemática, o professor também pode desenvolver uma atitude investigativa em relação à matemática e em relação a sua prática. Em qualquer dos casos, a investigação surge como uma poderosa ferramenta de construção do conhecimento, não dispensando, no entanto, o estudo, o reconhecimento daquilo que já foi feito por outros, a busca por recursos que possam facilitar o trabalho, e a socialização com comunidades de discurso e aprendizagem.

A perspectiva sobre a Álgebra e o pensamento algébrico acima apresentado reforça a ideia de que este tema não se reduz ao trabalho com o simbolismo formal. Pelo contrário, aprender Álgebra implica ser capaz de pensar algebricamente numa diversidade de situações, envolvendo relações, regularidades, variação e modelação. Resumir a atividade algébrica à manipulação simbólica equivale a reduzir a riqueza da Álgebra a apenas a uma das suas facetas.

Diante do estudo realizado evidencia que o desenvolvimento do pensamento algébrico requer uma combinação cuidadosa e adequada das tarefas que promovam a generalização e a progressiva formalização. Este trabalho deve apoiar-se no uso de múltiplas representações tais como símbolos, linguagem natural, tabelas numéricas, gráficos e outras representações informais usadas pelos alunos. No entanto, mais importante do que usar uma única representação, que destaca um aspeto específico, é a capacidade de traduzir uma representação na outra, trazendo mais significado ao trabalho algébrico.

O estudo do artigo citado anteriormente é indicado para estudantes do curso de matemática, professores de matemática e profissionais da área da educação que buscam uma melhor compreensão sobre as questões que envolvem o pensamento algébrico e o domínio da álgebra.

Em suma, a obra de António Borralho e Elsa Barbosa incita a reflexão sobre a introdução de conteúdos algébricos destacando a importância que se deve dar a metodologia adotada para a aprendizagem eficiente, de modo a despertar nos alunos o interesse para solucionar as proposições.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12.7 Kb)   pdf (115.2 Kb)   docx (11.3 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com