TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Experimento: "Os elementos carbono e silício e seus compostos"

Por:   •  31/5/2019  •  Relatório de pesquisa  •  1.340 Palavras (6 Páginas)  •  24 Visualizações

Página 1 de 6

Experimento 3: "Os elementos carbono e silício e seus compostos"

Alunos: Guilherme Yacovenco, Luísa Bisi e Thamiris da Silva

Professor : Luiz Carlos Machado

 

INTRODUÇÃO

Os elementos do grupo IVA são distinguidos pela configuração da camada de valência ns2 np2. Tem como elemento principal, o carbono, o mais importante elemento para os seres vivos, seguido pelo silício, que é um dos elementos fundamentais para a tecnologia moderna. Os outros elementos que fazem parte desta família são o germânio, estanho e chumbo. À medida que percorremos a tabela periódica da direita para a esquerda, os grupos vão aumentando o caráter metálico, com os elementos não-metálicos limitados ao topo do grupo. Então, o carbono é menos metálico do grupo, apresentando uma variedade alotrópica que é condutora de eletricidade (LEE, 1996; RUSSEL, 1994).

O carbono é o 17° elemento mais pesado encontrado na crosta terrestre, é onipresente na natureza e por isso é único elemento da tabela periódica que forma mais compostos combinados e tem seu estudo diferenciado na química, a chamada química orgânica. O elemento carbono possui grande afinidade para combinar-se quimicamente com outros átomos pequenos, incluindo átomos de carbono que podem formar extensas cadeias. O carbono é distintamente um não metal e ocorre livre na natureza, em suas conhecidas formas alotrópicas: diamante, grafite e carvão (LEE, 1996).
O principal uso industrial do carbono é como componente de hidrocarbonetos, especialmente os combustíveis como petróleo e gás natural; do primeiro se obtém por destilação nas refinarias gasolinas, querosene e óleos e, ainda, é usado como matéria-prima para a obtenção de plásticos, enquanto que o segundo está se impondo como fonte de energia por sua combustão mais limpa.
O silício é um elemento químico pertencente ao grupo do carbono, de símbolo Si, e é o segundo elemento mais abundante em combinação com outros elementos, constitui 27,7% da crosta terrestre, perdendo apenas para o oxigênio. Constitui a grande maioria das rochas, solos, areias e terras são compostas de silício, ou das várias formas de sílica pura ou impura, SiO
2 (quartzo, sílex, tridimita, ágata, opala etc.), ou de silicatos, tais como feldspatos, micas, talcos e muitos outros. Este elemento em estado livre é um sólido cinza-escuro, duro, de brilho metálico e estrutura cristalina semelhante à do diamante. Suas propriedades químicas se são semelhantes às do carbono: relativamente inerte à temperatura ambiente, com aquecimento há um aumento de sua reatividade com os halogênios e com determinados metais. De modo geral, o silício não é atacado pelos ácidos comuns, mas uma mistura de ácido nítrico com ácido fluorídrico o dissolve. Já em presença de flúor, no entanto, o silício inflama-se e produz óxido (RUSSEL, 1994).

PROCEDIMENTO E RESULTADOS E DISCUSSÃO

  • Ao tratar alguns miligramas de carbono pulverizado com ácido nítrico é outros ácidos concentrados, observou-se os seguintes comportamentos:

Tabela 1 - Comportamento do carbono pulverizados em alguns ácidos concentrados

Ácido

Comportamento

HNO3

Dissolveu-se bem e a colocação ficou diferente

H2SO4

Dissolveu-se

HCl

Dissolveu-se

  • Fundiu-se em um tubo de ensaio seco cerca de 1g de nitrato de potássio. Atirou-se um pequeno pedaço de carvão vegetal na fusão e observou-se. Houve uma combustão, os produtos da reação: gás carbônico que é liberado em parte, libera gás nitrogênio e o resíduo sólido que ficou é carbonato de  potássio.

4KNO3 (s) + 5C(s) → 3CO2 (g) + 2N2 (g) + 2K2CO3 (s)                  eq.1

  • Reagiu-se ácido fórmico concentrado com 100 mL de ácido sulfúrico concentrado, com o objetivo de formar monóxido de carbono, através de uma desidratação proveniente da reação de ambos.

HCOOH + H2SO4 → CO + H2SO4.H2O        eq.2

Utilizou hidróxido de sódio para reter o ácido fórmico.

Observou-se que o CO funciona como agente redutor, removendo o oxigênio de alguns compostos, mas sua eficiência como o mesmo varia de acordo com o meio que se encontra. No caso da utilização deste gás para a redução da solução de AgNO3, o mesmo mostrou-se bom, uma vez que a solução passou de incolor para escura. Já com uma solução diluída de permanganato de sódio, o CO não foi muito efetivo, uma vez que clareou levemente a solução.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.1 Kb)   pdf (124.7 Kb)   docx (916.1 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com