TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Relatório Química Fundamental

Por:   •  1/10/2019  •  Relatório de pesquisa  •  442 Palavras (2 Páginas)  •  16 Visualizações

Página 1 de 2

Introdução

Medidas de volumes são sempre corriqueiras em laboratórios, tornando-se assim necessário ter um conhecimento sobre as diversas grandezas de volume, as correspondências entre essas grandezas e sobre os instrumentos de medidas de volume. É de extrema importância que o operador saiba os possíveis erros que possam ocorrer e como minimiza-los.

Para fazer uma leitura de volume adequada é necessário manter o aparelho na posição vertical e na altura dos olhos do observador, para que assim evite erros do efeito paralaxe.

Para líquidos incolores ou levemente coloridos, deve-se observar a parte inferior do menisco (a curva que se forma na superfície do líquido), para que a leitura de volume seja realizada corretamente. Caso o liquido a ser medido apresente uma coloração que impeça a observação do menisco inferior,deve-se então observar a parte superior.

Em laboratórios os instrumentos para medição de volume são de dois tipos: os que medem volumes diferentes, sendo assim possuem escala graduada como por exemplo: proveta, bureta e pipeta graduada. Já os que medem volumes definidos são chamados de volumétricos como por exemplo: pipeta volumétrica, balão volumétrico.Vidrarias utilizadas para medir volumes jamais podem ser aquecidas, para que assim não ocorra danificação de sua escala ou mudança em sua capacidade, causada pela dilatação do vidro.

Objetivos

  • Calcular a sensibilidade de algumas vidrarias;
  • Observar as diferenças de volumes encontrados em uma mesma quantidade de liquido, medidos em diferentes vidrarias;

Materiais e Reagentes

  • Proveta 50,0 mL;            
  • Proveta 5,00 mL;
  • Béquer 150,00 mL;
  • Béquer 50 mL;
  • Pipeta graduada 25,00 mL;
  • Bureta 25,00 mL;
  • Pipeta volumétrica 20,00 mL;
  • Água destilada;
  • Pêra de Sucção;
  • Garra de fixação/Suporte Universal.

Procedimento

                

  1. Medida das sensibilidades das vidrarias;
  1. Observou-se a menor divisão das provetas de 50 e 5 mL, dos béqueres de 250 e 50 mL, da pipeta graduada de 25 mL e da bureta de 25 mL;
  2. Calculou-se as sensibilidades (menor divisão da escala) e os erros (á metade da menor divisão da escala) das vidrarias citadas acima.
  1. Medidas de volume
  1. Zerou-se uma bureta de 25 mL com água destilada, após zerar a bureta transferiram-se 20 mL da água, para um béquer de 50 mL e observou-se o volume.
  2. Mediram-se 20 mL de água destilada usando uma pipeta volumétrica e transferiu-se para um béquer de 50 mL.
  3. Mediram-se 25 mL de água destilada em um béquer de 150 mL e transferiu-se para uma proveta de 50 mL.

Referências bibliográficas

  1. CREPALDI,J.,FONSECA,J.,LUZ,A.,FERREIRA,A.,LUCAS,E.,CALDEIRA,P.,PIM.,W.,PEDROSO,E., Química Guia de Laboratório Para Cursos de Engenharia. Belo Horizonte,2017. (Apostila).
  2. MESQUITA,J. Laboratório de Química Fundamental. Belo Horizonte, 2010. (Apostila).

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.9 Kb)   pdf (77.2 Kb)   docx (9.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com