TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estrutura e Análise das Demonstrações Financeiras.

Por:   •  15/4/2013  •  Tese  •  5.318 Palavras (22 Páginas)  •  269 Visualizações

Página 1 de 22

Passo 1

Leia o capítulo 3 do PLT “Estrutura e Análise das Demonstrações Financeiras”

– Marcelo Cardoso de Azevedo (org.). Reúna-se com sua equipe e discutam sobre os procedimentos de Análise Vertical e Horizontal.

Análise Vertical e Horizontal

Essas análises são técnicas para analisar as demonstrações financeiras. As características da analise vertical e horizontal é comparar valores de certo período, com valores do período anterior para mostrar a relevância, crescimento ou decrescimento.

A análise vertical nos ajuda na avaliação da estrutura das demonstrações financeiras e nos fornece de forma detalhada a evolução de cada conta em relação ao total do ativo, passivo, patrimônio líquido e DRE.

A análise horizontal nos fornece informações que nos permite verificar a evolução dos elementos do BD e da DRE e um determinado período. Chamamos de numero índice a relação existente entre o valor de uma conta em uma determinada data e o valor obtido na data-base ou ano-base.

Às vezes uma conta pode ter um grande crescimento, mas sua representatividade no balanço é pequena, então o crescimento talvez não afete muito na empresa. Por isso, as duas análises devem ser utilizadas, porque as duas se completam.

Técnicas de Análise por Índices e Indicadores de Gestão

Os indicadores de gestão são os critérios de medida de qualidade, custo ou tempo e tem como objetivo sintetizar as informações relevantes para que a empresa possa tomar decisões de forma rápida e segura, valorizando cada detalhe.

Os índices representam

a situação atual da empresa, por isso não devem ser analisados isoladamente, mas sim em conjunto das demonstrações contábeis. Estes índices não são uma verdade suprema, são ferramentas que fornece parâmetros para possibilitar a análise, avaliar e elaborar em diagnósticos detalhados dos números da empresa mostrando sua situação financeira.

Para melhor entender os índices, eles são divididos em duas grandes categorias:

Situação financeira

Liquidez: Os índices de liquidez nos fornecem informações das condições financeiras da empresa a curto (liquidez seca), médio (liquidez corrente) e longo prazo (liquidez geral).

Estrutura de capitais: mostram-nos o grau de dependência da empresa em relação ao capital de terceiros e o grau de imobilização.

Situação econômica:

Rentabilidade: fornece-nos informações dos capitais que foram investidos na empresa. Eles nos mostram o resultado de criação ou destruição de riqueza por parte de um a organização.

O mais importante de tudo é qualidade das informações, pois elas vão permitir ao gestor tomar decisões mais facilmente em cima desses dados.

Passo 2

Efetue os cálculos para a Análise Vertical e Análise Horizontal dos demonstrativos financeiros indicados. Utilize para os cálculos o Balanço Patrimonial e a Demonstração do Resultado do Exercício, CONSOLIDADO.

Passo 3

Transporte para as tabelas anexas os cálculos das análises:

ANALISE VERTICAL - DRE

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO 2007 2008

R$ A.V. R$ A.V.

Receita Operacional Bruta

Mercado interno 679.099 93% 728.313 96%

Mercado externo 82.057 13% 108.312 16%

761.156 83% 836.625 83%

Imposto incidentes sobre vendas -129.168 -20% -140.501 -20%

Receita Operacional Liquida 631.988 100% 696.124 100%

Custo dos produtos e serviços vendidos -359.903 56.94% -416.550 59.83%

Lucro Bruto 272.085 43.05% 279.574 40.16%

Receitas(despesas)operacionais

Vendas -59.786 9.45% -65.927 9.47%

Gerais e administrativa -45.428 7.18% -63.800 9.16%

Pesquisas e desenvolvimentos -26.340 4.16% -28.766 4.13%

Honorarios da administração -8.025 1.26% -8.278 1.18%

Tributárias

...

Baixar como (para membros premium)  txt (22.7 Kb)  
Continuar por mais 21 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com