TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho de engenharia economica

Por:   •  15/6/2015  •  Trabalho acadêmico  •  1.388 Palavras (6 Páginas)  •  249 Visualizações

Página 1 de 6

Trabalho Engenharia Econômica – Professor Antonio Carlos - Engenharia de Controle e Automação e Elétrica.

1) Ao definir a aquisição de equipamentos para uma empresa, qual o impacto que a depreciação exerce sobre a tomada de decisão?

Solução:

A redução do valor do bem no tempo em decorrência de desgaste ou pela obsolescência tecnológica.  No fluxo de caixa a depreciação é um custo sem desembolso, o qual, sendo abatido dos lucros, em cada exercício fiscal, acarreta menor lucro tributável, o qual, por sua vez, mantida a mesma alíquota do imposto de renda, resulta em menor imposto de renda a pagar.

Para efeito de fluxo de caixa, o valor da depreciação que interessa é aquele estabelecido em termos contábeis, uma vez que o benefício fiscal é calculado com base nessa referência.

2) Determine e elabore um plano de depreciação de um bem adquirido pela quantia de R$ 400.000,00, com vida útil de 5 anos e valor residual de R$ 50.000,00, através da:

a) taxa constante.

Solução:

  [pic 1]

 

Plano de depreciação

 

N

Taxa Fixa

Valor de Depreciação

Depreciação Acumulada

Residual

0

- x -

- x -

- x -

R$ 400.000,00

1

34,0246%

R$ 136.098,40

R$ 136.098,40

R$ 263.901,60

2

34,0246%

R$ 89.791,46

R$ 225.889,86

R$ 174.110,14

3

34,0246%

R$ 59.240,28

R$ 285.130,14

R$ 114.869,86

4

34,0246%

R$ 39.084,01

R$ 324.214,15

R$ 75.785,85

5

34,0246%

R$ 25.785,83

R$ 349.999,98

R$ 50.000,02

 

b) usando a taxa de depreciação linear.

Solução:

[pic 2]

 

Plano de depreciação

 

n

Valor de Depreciação

Depreciação Acumulada

Residual

0

- x -

- x -

R$ 400.000,00

1

R$ 70.000,00

R$ 70.000,00

R$ 330.000,00

2

R$ 70.000,00

R$ 140.000,00

R$ 260.000,00

3

R$ 70.000,00

R$ 210.000,00

R$ 190.000,00

4

R$ 70.000,00

R$ 280.000,00

R$ 120.000,00

5

R$ 70.000,00

R$ 350.000,00

R$ 50.000,00

 

  

 

 

3) Operações de leasing são muito usados pelas empresas junto aos bancos, para viabilizar a aquisição de ativos, explique as diferenças entre leasing financeiro e operacional, cite exemplo de operações para cada uma das formas.

A diferença entre o leasing financeiro e o operacional está diretamente ligada às intenções da arrendatária no momento de contratar a operação:

 Leasing financeiro: É a operação na qual a arrendatária tem a intenção de ficar com o bem ao término do contrato, exercendo a opção de compra pelo valor contratualmente estabelecido. A arrendadora receberá da arrendatária a totalidade dos valores investidos no contrato de conformidade com o que foi estipulado. O risco da obsolescência e as despesas de manutenção, assistência técnica e serviços correlatos à operacionalidade do bem arrendado são de responsabilidade da arrendatária.

Leasing operacional: É a operação na qual a arrendatária, a princípio, não tem a intenção de adquirir o bem ao final do contrato. Assim, após a utilização do bem pelo prazo estabelecido e cumpridas todas as suas obrigações a arrendatária poderá ao final do contrato ter as seguintes opções: devolver o bem à arrendadora, prorrogar o prazo do contrato ou exercer a opção de compra do bem pelo seu valor de mercado, à época de tal opção. A manutenção, a assistência técnica e os serviços correlatos à operacionalidade do bem arrendado podem ser de responsabilidade da arrendadora ou da arrendatária, e conforme previsão contratual. Em ambas modalidades do leasing, financeiro ou operacional, elimina-se a necessidade de imobilizar recursos nos ativos, permitindo que tais recursos sejam canalizados para financiar o processo produtivo.

4) A Indústria Niterói necessita adquirir uma nova planta. Identificou-se uma planta adequada, ao custo de R$ 5 milhões para ser comprada de imediato. O preço de compra podendo ser repartida em 50:50 entre o edifício e o terreno. Tendo o edifício uma vida útil estimada de 15 anos. A alternativa frente a compra seria o arrendamento. São apresentadas 2 opções de arrendamentos:

I. Um leasing da planta por 15 anos, sendo que Ao final desse leasing a propriedade legal da planta é transferida para o arrendatário.

II. Um leasing da planta por 15 anos com aluguel inferior ao anterior, mas ao final desse leasing a propriedade legal do leasing permanece com o arrendador e o arrendatário tem que vagar a planta.

Qual a diferença no tratamento contábil desse leasing nessas duas opções de arrendamentos?

A ponto essencial para o entendimento das 2 opções é a classificação do leasing. A IAS 17 – Arrendamento mercantil exige que o elemento terreno e o elemento edifício sejam analisados separadamente.  Se a titularidade da planta for transferida ao arrendatário ao final do contrato (opção I), então ambos os elementos são considerados como um leasing financeiro. Caso a propriedade legal não seja transferida ao final do contrato, o elemento terrenos, em geral, é um leasing operacional, uma vez que normalmente terrenos têm vida útil indefinida, ficando difícil satisfazer a condição da transferência dos riscos e benefícios substanciais inerentes à titularidade.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.5 Kb)   pdf (222.1 Kb)   docx (337.2 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com