TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A ANÁLISE HISTÓRICA DO EMPREENDEDORISMO NO BRASIL E NO MUNDO COM INTUITO PRINCIPAL DE INDENTIFICAR TIPOS DE EMPREENDEDORES]

Pesquisas Acadêmicas: A ANÁLISE HISTÓRICA DO EMPREENDEDORISMO NO BRASIL E NO MUNDO COM INTUITO PRINCIPAL DE INDENTIFICAR TIPOS DE EMPREENDEDORES]. Pesquise 804.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  20/9/2014  •  2.631 Palavras (11 Páginas)  •  450 Visualizações

Página 1 de 11

A ANÁLISE HISTÓRICA DO EMPREENDEDORISMO NO BRASIL E NO MUNDO COM INTUITO PRINCIPAL DE IDENTIFICAR TIPOS DE EMPREENDEDORES

Tatiane Querino da Assenção

Orientador(a): Prof. Silvia Alonso Y Alonso Bittar Cunha

Resumo: Tendo por base o início e o desenvolvimento do empreendedorismo ao longo dos séculos, o principal objetivo desse artigo é retratar através de dados coletados através de pesquisa bibliográfica junto a vários meios de comunicação, os impactos sofridos em alguns setores do mercado interno brasileiro por causa do incentivo ao empreendedorismo em meados da década de 1990, no ano 2000 o início da participação do Brasil no projeto de pesquisa GEM (Global Entrepreneurship Monitor), mundialmente conhecido e realizado em inúmeros países para a identificação, caracterização e definição de empreendedorismo. A análise de cada um desses tópicos tem como intuito, o entendimento da necessidade da criação do empreendedorismo e a atual realidade dos empreendedores que variam e se separam em dois grupos e esses são eles: aqueles que estão em negócios iniciais (novos ou nascentes), ou aqueles que já possuem um negócio estabelecido. Aquele que por necessidade, ou seja, questões pessoais resolvem empreender, e aqueles que por influência do meio onde vivem e de suas características pessoais conseguem identificar um novo mercado a ser explorado. Não se esquecendo, que o estudo cronológico do empreendedorismo, as pesquisas desenvolvidas pelo GEM, e os impactos sofridos no mercado brasileiro com a entrada do empreendedorismo no mercado interno tem como objeto único identificar e definir os tipos e perfis de empreendedores existentes, não somente no Brasil, mas em todo o mundo.

Palavras-chave: Empreendedorismo. Tipos de empreendedorismo

Introdução

Os primeiros indícios do surgimento do empreendedorismo, foram no início do século XVII, através do termo “entrepreneur”, que significa realizar ou executar, ou simplesmente, para definir o que é ser um empreendedor, ou seja, aquela pessoa ousada que estimula a progresso econômico e social de um país através de iniciativa própria de abrir um novo negócio (WIKIPÉDIA, 2011).

A necessidade de se identificar um empreendedor se deu porque, nessa mesma época, capitalistas (aquele que fornece o capital) e empreendedores (aquele que assume o risco), não eram definidos e mesmo tendo papéis totalmente distintos, eram considerados iguais. Foi no século XVIII que realmente veio a diferenciação e o reconhecimento de ambos (WIKIPÉDIA, 2011).

No Brasil, a expansão do empreendedorismo é algo muito recente, em meados da década de 1990, quando o governo abriu a economia para as importações, foi quando a economia se aqueceu, porém vieram junto com esse aquecimento alguns problemas para alguns setores do mercado interno brasileiro, sendo assim esses tiveram que se adaptar ao novo mercado e o governo precisou intervir com algumas medidas para que a economia voltasse a se estabilizar e país ganhasse a confiança dos investidores (GRUPO INOVADORES, 2008).

Alguns anos depois o Brasil começa a participar do projeto de pesquisa do GEM (Global Entrepreneurship Monitor), realizado por uma parceira entre London Business School (Inglaterra) e a Babson College (Estados Unidos) e o principal objetivo dessa pesquisa é identificar e compreender o papel do empreendedorismo no desenvolvimento econômico e social dos países, porém seu foco principal está na identificação do indivíduo empreendedor, mais do que no empreendimento em si.

1 O início do empreendedorismo e a necessidade de especificá-lo

Em meados do século XVII, surge na França, os primeiros indícios do empreendedorismo, que se deu através do uso do termo “entrepreneur”, que significa realizar ou executar (SIGNIFICADO DE EMPREENDEDORISMO, 2011). Essa palavra deu vida ao que hoje conhecemos por empreendedorismo ou até mesmo por empreendedor, ou seja, esse termo tem por objetivo definir pessoas ousadas que estimulam o progresso econômico e social de um país, através de iniciativa própria, realizando ações ou idealizando novos métodos para desenvolver e dinamizar serviços, produtos ou qualquer atividade de organização ou administração com intuito de transformá-los em um negócio lucrativo (WIKIPÉDIA, 2011).

Foi nessa mesma época que Richard Cantillon (escritor, economista e considerado o criador do termo empreendedorismo), diferenciou pela primeira vez o empreendedor (aquele que assume o risco), do capitalista (aquele que fornece o capital), pois era nesse tempo que o empreendedor estabelecia um contrato com o governo para realizar serviços ou fornecer produtos, indicando assim umas das primeiras formas de empreender, onde um entrava com o conhecimento, a ousadia e a prestação do serviço ou venda de um determinado produto e o outro com o capital. E no século XVIII, os capitalistas e empreendedores foram finalmente diferenciados e reconhecidos no mundo empresarial, devido a grande mudança mundial que estava ocorrendo, sendo ela, a Revolução Industrial, através dela veio fortemente á necessidade de distingui-los e defini-los, para que houvesse uma melhor visão do meio organizacional (WIKIPÉDIA, 2011).

Atualmente situada no Vale do Silício, na Califórnia (Estados Unidos), está a Babson College, um dos maiores pólos de estudo e ensino sobre o empreendedorismo. Com um corpo discente altamente diversificado, sendo ele representado por 40 profissionais de estados norte-americanos e 70 profissionais de diversas nacionalidades, isso leva seus alunos a terem uma experiência e um contato com pessoas e profissionais do mundo todo. O intuito desse contato e o tipo de ensino adotado pela Babson College, tem como principal objetivo moldar os líderes, para que sejam futuros remoldadores do mundo. E mesmo tendo sido criada á quase meio século atrás, a mesma metodologia de ensino é aplicada e ainda está no centro de experiências da universidade e esses métodos são os seguintes: Empresa, Pensamento e Ação, eles são o tripé do empreendedorismo, ensinado e aplicado pela instituição, seguindo-se da seguinte forma, tem-se ou cria-se uma empresa, pensa-se em atitudes ou atividades inovadoras e coloca-as em ação (BABSON, 2014).

Essa análise superficialmente histórica serve para entendermos um pouco as questões que estão ligadas a criação do empreendedorismo, ou seja, como, quando e porque ele surgiu. E também quem o criou. Com objetivo principal de definir as diferenças entre empreendedores

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.5 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com