TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Administração Científica de Frederick Taylor

Por:   •  18/9/2013  •  Seminário  •  994 Palavras (4 Páginas)  •  263 Visualizações

Página 1 de 4

A Administração Científica de Frederick Taylor

No final do século XIX na Inglaterra ocorre consolidação da indústria e do capitalismo de livre concorrência, promovendo um crescimento impressionante, com a construção de ferrovias, produção de ferro e aço. A grande responsável por este crescimento foi a Revolução Industrial, com dois aspectos importantes: a transferência de habilidade do artesão para a máquina e a substituição da força do animal ou do músculo humano pela potência da máquina a vapor. Porém, este crescimento teve um custo social, pois os camponeses (homens, mulheres e crianças) que vieram do campo para as cidades recebiam salários irrisórios pela sua força de trabalho, além de trabalharem até 16 horas por dia em condições difíceis. A máquina era o foco do processo produtivo e os trabalhadores deveriam se adaptar a ela.

Outros pontos importantes para o surgimento das primeiras idéias administrativas, foi a intensa competição internacional decorrente fundamentalmente de um processo de abertura comercial, ampliação dos mercados e de significativos avanços no campo tecnológico, além do processo de fusões e incorporação de organizações.

Neste contexto, Frederick Winslow Taylor , propõe uma nova forma de gerenciar as organizações, o que ele denomine de Administração Científica. Taylor, nascido na Filadélfia, Estados Unidos em 1856, foi educado dentro de uma mentalidade de disciplina, devoção ao trabalho e poupança, iniciando a vida profissional como operário, formou-se engenharia em 1885 e foi trabalhar numa grande empresa siderúrgica, onde desenvolveu estudos que deram base para formular a sua teoria, na qual ela analisou a empresa a partir dos níveis operacionais, em direção aos níveis de direção.

Nestes estudos, identificou alguns problemas que afetavam as organizações diminuindo a sua produtividade, que eram os seguintes:

- A vadiagem no trabalho, onde afirmava que os empregados produziam muito menos do que eram capazes, e isto era causado pela forma de remuneração, pelo temor que o aumento de produtividade levaria ao desemprego.

- Falta de conhecimento dos gerentes sobre o tempo necessário para realizar as tarefas, permitindo assim a indolência dos trabalhadores, já que estes, na visão de Taylor, têm o instinto natural de fazer o menor esforço.

- Falta de métodos científicos que determinem a melhor maneira de executar uma tarefa, através do perfeito estudo dos tempos e movimentos, substituindo os métodos empíricos da observação dos colegas.

Para acabar com estes problemas, Taylor propôs uma série de princípios, que organizaria o trabalho de forma racional, aumentando assim a produtividade e a prosperidade dos trabalhadores e da organização. Estes princípios são os seguintes:

Análise e estudo de Tempos e Movimentos

- Racionalização do trabalho dos operários;

- Tempo para realizar tarefa de maneira racionalizada;

- Criação de um tempo-padrão para execução da tarefa;

- Especialização do operário para melhor realização do trabalho;

- Maior controle sobre operário;

- Busca da melhor maneira de executar a tarefa.

Estudo da Fadiga Humana

- Eliminação de movimentos que apenas desgastam e não são eficientes;

- Adaptação de movimentos a fisiologia humana;

- Fadiga Humana produz diversos efeitos maléficos como: mais acidentes, mais doenças, maior tempo para realizar tarefa, menor qualidade do trabalho e maior rotação de pessoal e menor produtividade.

Divisão do Trabalho e Especialização do Operário

- Conseqüências do estudo de tempos e movimentos;

- Melhora da eficiência do operário;

- Limitação do operário a uma tarefa repetitiva;

- Quanto maior a especialização, maior a eficiência;

Sofrimento de diversas críticas quanto a falta de liberdade e desmotivação do operário.

Desenho de Cargos e Tarefas

- Tarefa = menor unidade de um trabalho em uma organização;

- Diminuição do treinamento;

- Minimização da qualidade da mão-de-obra;

-

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.4 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com