TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ADMINISTRA;AO FINANCEIRA

Por:   •  16/9/2014  •  541 Palavras (3 Páginas)  •  589 Visualizações

Página 1 de 3

SISTEMA DE PRODUÇAO

Um sistema de produção (ou sistema de regras de produção) é um programa de computador, normalmente usado para fornecer alguma forma de inteligência artificial, que consiste basicamente de um conjunto de regras sobre o comportamento. Estas regras, chamadas de produções, são uma representação básica considerada útil no planejamento automatizado, sistemas especialistas e seleção de ação. Um sistema de produção fornece o mecanismo necessário para executar produções, a fim de atingir alguma meta para o sistema.

Produções consistem de duas partes: uma pré-condição sensorial (ou "se") e uma ação (ou "então"). Se uma pré-condição de produção coincide com o estado atual do mundo, então é dito que a produção foi desencadeada. Se a ação de uma produção é executada, é dito que ela foi disparada. Um sistema de produção também contém um banco de dados, às vezes chamado memória de trabalho, que mantém dados sobre o estado atual ou conhecimento, e um interpretador de regras. O interpretador de regras deve fornecer um mecanismo para priorizar produções quando mais de uma é desencadeada.

Planejamento da Produção: Visão Hierárquica

Uma grande quantidade de decisões, consideradas no planejamento da produção, é usada para ajustar os recursos materiais da empresa para satisfazer as flutuações de demanda ao longo dos períodos de tempo. É possível dizer que o propósito do planejamento da produção é estabelecer taxas de produção de modo a atingir metas gerenciais. Manter os recursos de produção relativamente estáveis dentro do horizonte de planejamento é uma destas metas.

No contexto de planejamento da produção, o processo de tomada de decisão somente pode ser descrito por meio de uma estrutura hierárquica. Sucintamente, esta hierarquia consiste de três níveis distintos, porém altamente interativos, são eles: Estratégico, Tático e Operacional. A Tabela 1 resume alguns fatores que diferenciam estes níveis de decisão. Pode ser verificado, a partir dela, que as decisões tomadas nos níveis Estratégico e Tático são fortemente baseadas em padrões de agregação dos dados de produção. Muitas vezes, esta agregação é responsável pela redução na dimensionalidade dos problemas de produção. Este é uma das razões que explicam por que pesquisadores, da área de teoria de controle, podem encontrar grandes oportunidades de aplicação de metodologias de otimização sequencial em problemas existentes nestes dois níveis, como alertado em.

Este trabalho focaliza um importante tipo de problema de planejamento da produção encontrado no nível Tático. Dentro deste nível, uma das primeiras ações gerenciais é desenvolver um plano de produção. Ele deve ser visto como um guarda-chuva para o processo de produção como um todo, uma vez que ele cobre todas as ações subsequentes das atividades de planejamento e também fornece informações para realização do Plano de Negócio.

O plano de produção é usado como alvo a ser seguido pelos gerentes durante o desenvolvimento do planejamento detalhado. Esta característica está ilustrada na Figura 1. De modo genérico, o que se pretende mostrar com a Figura 1 é o intenso fluxo de informação entre os planejamentos agregado e detalhado da cadeia hierárquica. Neste sentido, deve-se observar que no módulo de planejamento agregado toma-se informações sobre a demanda prevista e sobre os recursos materiais agregados disponíveis, para gerar o plano de produção. Isto sugere um esquema de realimentação onde qualquer inconsistência do plano, quando de sua aplicação no nível de planejamento detalhado, é prontamente revista.

...

Baixar como  txt (3.7 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »