TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATPS Administração De Materiais E Logística

Dissertações: ATPS Administração De Materiais E Logística. Pesquise 790.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  26/11/2013  •  1.666 Palavras (7 Páginas)  •  500 Visualizações

Página 1 de 7

ANHANGUERA EDUCACIONAL S.A.

Faculdade Anhanguera de Jacareí

Curso de Administração de Empresas

Administração de Materiais e Logística

Trabalho apresentado à Faculdade Anhanguera de Jacareí, como parte dos requisitos da matéria Administração de Materiais e Logística aplicada e ministrada no oitavo semestre do curso de Administração de empresas.

Jacareí – SP

2013

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 1

Etapa 1 2

Etapa 2 3

Etapa 3 4

Etapa 4 6

CONCLUSÃO 7

REFERÊNCIAS 8

INTRODUÇÃO

Este trabalho tem como objetivo colocar os alunos como consultores de logística para que haja o desenvolvimento das matérias estudadas e sua ligação com a prática da cadeia de logística de administração de materiais.

A importância deste desafio é enfatizar as estratégias utilizadas pelas empresas para um melhor planejamento logístico, que é de suma importância para que os alunos conheçam o que está sendo utilizado pelas organizações e através da comparação entre teoria e prática desenvolvam habilidades para planejar suas próprias estratégias de administração de materiais e logística.

ETAPA 1

Passos 1, 2 e 3

Em nossa visão a Administração de Materiais e Logística é essencial para as organizações, pois ele realimenta todo o sistema através de processos lógicos organizando um sistema de entradas, processos, saídas e o feedback.

A Administração de Materiais e Logística se estrutura com as seguintes áreas: logística, compras, estoques, instalações e recursos.

Martins (2009) afirma que temos um leque numeroso de itens que devem ser levados em conta para manter o processo, alguns deles são: os recursos, a tecnologia, o produto, o processo, a gestão e informação, gestão de compras, aquisição de recursos e análise de estoques. Com esses itens pode-se afirmar que é um sistema aberto que recebe informações, tem ligação na tomada de decisão e tem total influência nos planos elaborados pela organização para alcançar seus objetivos e metas.

O autor Viana (2008) coloca um conceito moderno para essa área da Administração, pois ele diz que a área tem o poder de gerir todas as tarefas de suprimento, transporte e manutenção do material de uma empresa. E, além disso, busca alcançar preços baixos, baixo custo de aquisição e posses, alto giro de estoques, continuidade de suprimentos, consistência da qualidade, pouca despesa com funcionários, aperfeiçoamento dos mesmos, relações favoráveis com os fornecedores e bons registros.

A armazenagem de materiais também é uma preocupação constante do administrador, pois têm um custo (posse e conservação da área, conservação dos próprios materiais, custo de pessoal, etc), além do próprio custo do estoque imobilizado (VIANA, 2008).

Com base nos estudos podemos observar que nossa visão está certa, pois com a concorrência crescendo as empresas buscam melhorar seus resultados, encontrando maneiras diferentes de obterem vantagens competitivas. Uma das formas de obter uma vantagem, pelo menos comparativa, é através de uma boa gestão dos recursos materiais e patrimoniais.

ETAPA 2

Passos 1 e 2

Segundo Koch (2008) o departamento de Suprimentos gerencia tudo relacionado com a matéria-prima e os componentes remete o pedido aos fornecedores, cuida do transporte, da armazenagem e da distribuição. É muito importante se controlar o que se compra para evitar desperdícios e gastos sem necessidades. Para isso é de extrema importância à boa comunicação entre as áreas e seus gestores.

A administração dos estoques deve visar o equilíbrio adequado entre o atendimento aos clientes e a mínima imobilização de recursos. A concretização dessa filosofia é através da utilização da função marketing como administrador dos fluxos de informação com o auxílio, preferencialmente, de uma base de dados. Os fluxos de informações devem caminhar por sistemas, como por exemplo, o EDI, o WAN (Wide-Area Network), o Kanban, etc. Para o sucesso na implementação desses sistemas é ter uma boa equipe de colaboradores treinados e capacitados para operar as tarefas e alimentar a ferramenta com informações.

Com a crescente competitividade, as empresas para sobreviverem, precisam perseguir e alcançar altos níveis de qualidade, eficiência e produtividade, eliminando desperdícios e reduzindo custos. Sendo assim, é necessário que os gestores recebam informações precisas e atualizadas para um apoio eficaz ao processo decisório. É necessária uma logística integrada, onde o processo logístico e o nível de serviços devem estar sempre ligados buscando o menos custo possível.

Atualmente o mercado exige que as organizações sejam eficazes no processo de movimentação de materiais, interna e externamente, que se inicia desde o recebimento da matéria prima até a entrega do produto final ao cliente. Portanto, cada vez mais percebemos a importância do controle de estoque e da área de suprimentos.

ETAPA 3

Passos 1, 2 e 3

Uma pesquisa foi realizada com a empresa abaixo, visando conhecer os diferentes sistemas logísticos e seu funcionamento.

Empresa escolhida – Nestlé do Brasil

a) Como a empresa recebe e processa o pedido do cliente.

Resposta: Todo período é feito reuniões entre

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.7 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com