TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Porter

Por:   •  8/5/2013  •  910 Palavras (4 Páginas)  •  689 Visualizações

Página 1 de 4

mas que merda fazer cadastro toda vez que eu entro neste site

inco forças de Porter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Representação gráfica das Cinco Forças de Porter

O modelo das Cinco Forças de Porter foi concebido por Michael Porter em 1979 e destina-se à análise da competição entre empresas. Considera cinco factores, as "forças" competitivas, que devem ser estudados para que se possa desenvolver uma estratégia empresarial eficiente. Porter refere-se a essas forças como microambiente, em contraste com o termo mais geral macroambiente. Utilizam dessas forças em uma empresa que afeta a sua capacidade para servir os seus clientes e obter lucros. Uma mudança em qualquer uma das forças normalmente requer uma nova pesquisa (análise) para re-avaliar o mercado.

Porter avalia que a estratégia competitiva de uma empresa deve aparecer a partir da abrangência das regras da concorrência que definem a atratividade de uma indústria.1

Índice [esconder]

1 As cinco forças de Porter são

1.1 Rivalidade entre os concorrentes

1.2 Poder de Negociação dos clientes

1.3 Poder de Negociação dos fornecedores

1.4 Ameaça de Entrada de Novos Concorrentes

1.5 Ameaça de produtos substitutos

2 Importante

3 Falência

4 Referências

5 Ver também

6 Ligações externas

[editar]As cinco forças de Porter são

[editar]Rivalidade entre os concorrentes

Para a maioria das indústrias, esse é o principal determinante da competitividade do mercado. Às vezes rivais competem agressivamente, não só em relação ao preço do produto, como também a inovação, marketing, etc.

Número de concorrentes e repartição de quotas de mercado;

Taxa de crescimento da indústria;

Diversidade de concorrentes;

Complexidade e assimetria informacional;

Nível de publicidade;

Grau de diferenciação dos produtos;

As barreiras à saída .

Em situações de elevada rivalidade os concorrentes procuram ativamente captar clientes, as margens são esmagadas e a atuação centra-se em cortes de preços e descontos de quantidade.

[editar]Poder de Negociação dos clientes

Os clientes exigem mais qualidade por um menor preço de bens e serviços. Também competindo com a indústria, forçando os preços para baixo. Assim jogando os concorrentes uns contra os outros.2

Também descrito como o mercado de realizações. A capacidade dos clientes de colocar a empresa sob pressão, e também, afetar os clientes com a sensibilidade à evolução dos preços.

Análise RFM (economia)

Preço da compra total

Disponibilidade de informação do comprador em relação ao produto

Existência de produtos substitutos

Da sua dimensão enquanto clientes

Da sua capacidade de integração a montante

[editar]Poder de Negociação dos fornecedores

Também descrito como mercado de insumos. Fornecedores de matérias-primas, componentes e serviços para a empresa pode ser uma fonte de poder. Fornecedores podem recusar-se a trabalhar com a empresa, ou por exemplo, cobrar preços excessivamente elevados para recursos únicos.3

Grau de diferenciação dos insumos

Custo dos factores de produção em relação ao preço de venda do produto

Ameaça de transmitir integração dos fornecedores em relação à ameaça de integração por outras empresas

Ter somente um fornecedor para a empresa pode ser um ponto fraco, caso o fornecedor venha a falir ou mesmo a elevar os preços de matérias-primas muito maior em relação a concorrência.

ameaça de integração a montante ou a jusante.

[editar]Ameaça

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.6 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com