TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Principais Causas De Falência

Artigos Científicos: Principais Causas De Falência. Pesquise 804.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  17/3/2014  •  3.436 Palavras (14 Páginas)  •  502 Visualizações

Página 1 de 14

Introdução

O Prointer tem por objetivo nos ajudar a desenvolver uma atividade onde possamos ficar mais dentro da realidade do nosso curso e o que podemos esperar da função escolhida para a vida.

Neste trabalho apresentamos de forma simples e prática uma concepção geral dos problemas das empresas em relação há uma má gestão financeira.

Começamos identificando as principais causas de falências entre as empresas ultimamente, como principal fator está à má gestão financeira, seguido de empresas muito parecidas com o que já existe no mercado, falta de um gerenciamento mais de perto da empresa, utilização do caixa da empresa para pagamentos de contas pessoais, falta de divulgação da marca, enfim relacionamos vários erros que um empreendedor pode cometer com sua empresa.

Seguimos com alguns exemplos de empresas que chegaram de fato há falência, e tentamos mostrar o porquê isso aconteceu.

E para finalizar nosso trabalho uma temos um breve texto do que achamos como características fundamentais que um grande gestor deve possuir.

Principais causas de falência

Lidar com o fechamento de uma empresa sempre é um momento delicado para o empresário. Mas com esses fracassos que devemos repensar os erros cometidos e tirar lições para uma nova empreitada.

Segundo os especialistas a maior causa que leva uma empresa à falência está ligada a falta de planejamento e erros na administração financeira.

Sobre a falta planejamento financeiro de acordo com o SEBRAE “Mais de 70% das empresas brasileiras fecham suas portas nos primeiros cinco anos de vida por falta de planejamento financeiro”, por esse motivo o empreendedor deve ter noção que uma boa gestão financeira fundamental para assegurar o sucesso de seu investimento.

Outro erro que as empresas geralmente cometem, é copiar algum tipo de empresas já existente no mercado, sem inovar em algo. Sem grandes investimentos é possível buscar diferenciação nos produtos e serviços prestados. Buscar o diferencial é oferecer algo a mais do que o cliente esperava, atrair sua preferência, adaptar-se ás suas necessidades, modificar produtos, buscar soluções, estratégicas, fugir do convencional.

Deixar a empresa na mão dos funcionários sem acompanhar o que acontece com ela também uma das causas de falências mais comum. Um empreendedor deve saber liderar seus funcionários e administrar sua empresa, a liderança pode ser definida com a capacidade que uma pessoa tem de exercer influência utilizando os meios de comunicação que levem as outras pessoas a se envolverem e participar do processo operacional da empresa. O comportamento de um líder deve auxiliar o grupo a atingir seus objetivos.

Descontrole do fluxo de caixa também pode causar sérios problemas ao empreendedor. É necessário saber utilizar o dinheiro que entra na sua empresa, bem como saber o porquê esta saindo dinheiro também. Para isso é necessário checar as contas da empresa diariamente. Quanto mais se vende mais gasta, mas o correto deveria ser quanto mais se vende mais se guarda, para não correr o risco de ficar no vermelho.

Falta de divulgação da marca no começo de todo negócio só o boca a boca geralmente não resolve como divulgação. Divulgar a empresa é muito importante, e tão importante quanto à divulgação é estar no lugar certo, comunicar de acordo com o seu público alvo e passar o conceito do seu produto conforme o esperado. O objetivo de um bom trabalho de divulgação é estar na mente dos consumidores quando precisarem de um produto ou serviço com o qual trabalhe.

Não se adaptar às necessidades do mercado, toda empresa deve se adaptar ao mercado, tudo isso com o objetivo de impulsionar o seu negócio e criar novas oportunidades de negócio para sua empresa.

Usar dinheiro da empresa para pagar contas pessoais, é necessário separar as contas pessoais da empresa, para não correr o risco de ficar no vermelho. O empreendedor deve estabelecer um tipo de salário para si, para ao ter que pegar dinheiro das contas da empresa para pagar as suas.

Contratação de mão de obra qualificada esse é indiscutivelmente uma das principais causas de sucesso ou fracasso de uma empresa. Investir nos colaboradores de forma adequada é fundamental para que a empresa seja cada vez mais eficiente e por consequência seja mais competitiva.

Investir errado pesquise antes de investir em um negócio. Analise para ver se o que busca no mercado já não está saturado demais, ou se há muita procura do produto. Aumentar o conhecimento sobre o empreendimento sempre ajuda na hora do investimento.

Empresas e famosos que decretaram a Falência

Relacionamos algumas empresas que revelam uma prova viva de que ninguém está livre do fantasma de fechar as portas:

Mappin faliu em 1999 - "Mappin, venha correndo, Mappin, chegou a hora, Mappin, é a liquidação" - Famoso Jingle com razão social de casa Anglo-Brasileira S/A, a loja de departamentos Mappin foi uma das mais tradicionais do ramo no Brasil. Foi uma das pioneiras dos comércios varejistas e foi a primeira ao colocar etiquetas com preços na vitrine e propulsora do crediário. Definitivamente era a loja da elite Brasileira e era, até mesmo, confundida com cartões postais de São Paulo.

Encerrou suas atividades em 1999 sendo decretada falência.

Loja Arapuã faliu 1999 -"Arapuã ligadona em você!" - Slogan famoso até o meio dos anos 90 a Arapuã disputava mercado com Ponto Frio, Casas Bahia e outras principais lojas de varejo. Com dificuldades financeiras, a empresa atrasou o pagamento de fornecedores e viu seu império de 300 lojas sumir.

Mesbla faliu em 1999 - Mesbla S/A foi uma cadeia de lojas de departamentos que também teve sua falência decretada no ano de 1999 junto com as lojas Mappin que teve seu controle acionário adquirido pelo mesmo empresário. Na realidade tanto o Mappin quanto o Mesbla estavam passando por crises e o empresário Ricardo Mansur assumiu as lojas, mas que infelizmente não conseguiu reergue-las.

A falta de dinheiro no caixa era mais grave do que o empresário pensava, fora os atrasos de pagamento de fornecedores que já era algo crônico. A última loja da rede fechou suas portas em 24 de Agosto de 1999 em Niterói.

Varig

...

Baixar como (para membros premium)  txt (21.4 Kb)  
Continuar por mais 13 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com