TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

10 Exercícios De Português Para Concursos

Por:   •  31/7/2014  •  785 Palavras (4 Páginas)  •  663 Visualizações

Página 1 de 4

A charge é um gênero textual que apresenta um caráter burlesco e caricatural, em que se satiriza um fato específico, em geral de caráter político e que é do conhecimento público.

1. (CESGRANRIO/2009) No plano linguístico, o humor da charge

(A) tem como foco a imagem antagônica entre a palavra riqueza e a figura do homem maltrapilho.

(B) baseia-se no jogo polissêmico da palavra economia, ora empregada como ciência, ora como conter gastos.

(C) baseia-se na linguagem não verbal, que apresenta um homem subnutrido como um exemplo de brasileiro.

(D) está centrado na ironia com que é tratada a produção de riquezas no Brasil.

(E) reside na ideia de um morador de rua saber falar tão bem sobre assuntos como política, saúde e economia.

2. (CESGRANRIO/2009) A primeira frase do personagem pode ser lida como uma hipótese formulada a partir da fala que faz a seguir.

Apesar de não estarem ligadas por um conectivo, pode-se perceber a relação estabelecida entre as duas orações.

O conectivo que deve ser usado para unir essas duas orações, mantendo o sentido, é

(A) embora.

(B) entretanto.

(C) logo.

(D) se.

(E) pois.

3. (CESGRANRIO/2009) A Gramática da Língua Portuguesa prevê que o emprego do acento grave para indicar a ocorrência de crase pode ser facultativo em alguns casos.

Em qual das passagens transcritas do texto há a ocorrência da crase, e o emprego do acento grave é facultativo?

(A) “Estava terminada a traqueostomia.” (l. 2-3)

(B) “A respiração voltava lentamente, a princípio superficial, depois mais funda e visível.” (l. 7-8)

(C) “Começou a cantarolar baixinho uma canção antiga que julgava esquecida.” (l. 14-15)

(D) “– Por que s erá – perguntou ele a Olívia –” (l. 21)

(E) “...a gente tem a impressão de que acabou de nascer...” (l. 22-23)

4. (CESGRANRIO/2009) Na passagem “Eugênio examinava-lhe as mudanças do rosto com comovida atenção.” (l. 10-11), o pronome oblíquo lhe exerce função sintática idêntica ao termo destacado em

(A) “Olívia se aproximou de Eugênio...” (l. 1)

(B) “A enfermeira juntava os ferros.” (l. 3)

(C) “A respiração voltava lentamente,” (l. 7)

(D) “Vencera! S alvara a vida de uma criança!” (l. 12)

(E) “Sentia-se leve e aéreo.” (l. 17)

5. (CESGRANRIO/2010) Em relação aos aspectos gramaticais, assinale a opção em que é respeitado o registro culto e formal da língua.

(A) Não sei onde você pretende chegar com esse tipo de atitude.

(B) Devido o processo de seleção, precisamos nos capacitar.

(C) Entre mim e você não deve existir concorrência desleal.

(D) O profissional qualificado almeja ao seu espaço na empresa.

(E) A tolerância, a ousadia e a criatividade, fazem parte do perfil de um bom profissional.

6. (FCC/2010) Uma pesquisa recente de um grupo de arqueólogos alemães confirma a antiguidade da família nuclear entre humanos. (2º parágrafo)

A frase cujo verbo exige o mesmo tipo de complemento que o grifado acima é:

a) Várias hipóteses apontam nesse sentido.

b) ... geravam mais descendentes que os aventureiros ...

c) ... em que os animais andam em bandos ...

d) ... que datam de 4.600 anos atrás ...

e) ... de que a família nuclear era uma instituição apenas cultural.

7. (FCC/2010) Transpondo-se para a voz passiva a frase Ela já está configurando os paradigmas de uma nova época, a forma verbal resultante será

a)

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.2 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com