TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O SEMINÁRIO ENERGIAS RENOVÁVEIS

Por:   •  22/2/2020  •  Projeto de pesquisa  •  1.858 Palavras (8 Páginas)  •  17 Visualizações

Página 1 de 8

[pic 1]


[pic 2][pic 3]

ENERGIAS RENOVAVEIS: GEOTERMICA

ENERGIA RENOVÁVEL 

É aquela que vem de recursos naturais que são naturalmente reabastecidos, como sol, vento, chuva, marés e energia geotérmica. É importante notar que nem todo recurso natural é renovável, por exemplo, o urânio, carvão e petróleo são retirados da natureza, porém existem em quantidade limitada.

A maior instalação de energia geotérmica do mundo é The Geysers, na Califórnia, com uma capacidade nominal de 750 MW.

ENERGIA GEOTERMICA

Segundo a European Geothermal Energy Council (EGEC), Energia Geotérmica é “a energia armazenada na forma de calor de baixo da superfície da terra”. Essa energia tem origem no fluxo geotérmico profundo, radiação solar absorvida, fluxo de águas subterrâneas e energia térmica armazenada no terreno.  

 A Energia Geotérmica pode ser classificada em três categorias, dependendo da temperatura com que é extraída, ou seja, de acordo com sua entalpia. O termo pode ser entendido resumidamente “como a quantidade de energia térmica que um fluído, ou objeto, pode permutar com a sua envolvente, expressa-se por kJ/kg ou kcal/kg”. Essas categorias, que dependendo do autor considerado, podem apresentar pequenas variações são:

 I – Alta entalpia (T > 150 oC). Utilizada na produção de energia elétrica, e refrigeração por absorção com amoníaco.

 II - Média entalpia (90 ºC < T < 150 ºC). Utilizada em indústrias para secagem de produtos, refrigeração, lavagem, degelo, destilação, etc.

 III - Baixa entalpia (30 ºC < T < 90 ºC). Utilizada na agricultura e alimentação, lazer e saúde para aquecimento de estufas, psicultura, aquicultura, cultivo de cogumelos, centros de lazer, terapêutica termal, etc.

 IV - Muito baixa entalpia (T < 30 ºC). Utilizada e habitações para aquecimento com bombas de calor e climatização. (Trillo; Angulo, 2008).

HISTORICO

Perspectiva histórica

A primeira tentativa de gerar eletricidade de fontes geotérmicas. O trabalho se deu em 1904 em Larderello, na região da Toscana, na Itália. Contudo, esforços para produzir uma máquina para aproveitar tais fontes foram mal sucedidos pois as máquinas utilizadas sofreram destruição devido a presença de substâncias químicas contidas no vapor. Já em 1913, uma estação de 250 kW foi produzida com sucesso e por volta da Segunda Guerra Mundial 100 MW estavam sendo produzidos, mas a usina foi destruída na Guerra.

Por volta de 1970, um campo de gêiseres na Califórnia estava produzindo 500 MW de eletricidade. A exploração desse campo foi dramática, pois em 1960 somente 12 MW eram produzidos e em 1963 somente 25 MW. México, Japão, Filipinas, Quénia e Islândia também têm expandido a produção de eletricidade por meio geotérmico.

Na Nova Zelândia o campo de gases de Wairakei, na Ilha do Norte, foi desenvolvido por volta de 1950. Em 1964, 192 MW estavam sendo produzidos, mas hoje em dia este campo está acabando. (HAAH)

Em Portugal a utilização da água quente natural remonta ao tempo da colonização romana, podendo encontrar-se alguns vestígios arqueológicos de termas que tiveram grande importância na Europa romana, estas águas termais foram, desde sempre, utilizadas para balneoterapia.  

                                                 Imagem: Lagoa coberta, usada no séc. XIX  para recolher fluidos quentes em Larderello (Itália)

Fonte: International Geothermal Association web site

 

A partir de meados dos anos 70 tem-se verificado um aumento do interesse pelo aproveitamento de formas de energia renováveis, começando a ser objeto de atenção com a finalidade de o caracterizar e estudar os modos mais adequados de aproveitamento deste potencial, visando a instalação de uma central de potência para a produção de energia eléctrica e aquecimento ambiental. Estas ações marcam o aparecimento em Portugal do conceito de recurso geotérmico, no que diz respeito à utilização do calor como energia explorável, independentemente do modo como é veiculado para a superfície.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12 Kb)   pdf (162.9 Kb)   docx (19.3 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com