TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Redação Sobre Transfusão Sanguínea

Por:   •  29/2/2020  •  Dissertação  •  321 Palavras (2 Páginas)  •  10 Visualizações

Página 1 de 2

Durante a II Guerra Mundial, percebeu-se a importância da transfusão sanguínea para os soldados, cujo muitos precisavam do recurso para se recuperarem dos combates. Hoje, no Brasil, o mesmo se torna relevante, porém mesmo sabendo a magnitude na doação de sangue, estoques estão acabando em hospitais do país, processo decorrente do descaso das instituições públicas vigentes.

Em primeiro plano, é necessário destacar a negligência estatal perante os fatos. A precarização na infraestrutura de hemocentros e de incentivos, assim como restrições polêmicas, como a abstenção sexual por um ano aos homossexuais que queiram doar, corroboram a escassez do recurso no país. Nesse contexto, esses comportamentos públicos acabam inviabilizando a democratização na doação de sangue e acentuando a dificuldade na extração desse bem comum.

Ademais, além do desmazelo governamental à questão, vale ressaltar o descaso educacional frente à conjuntura. Professores não estimulam a iniciativa ou pouco abordam a problemática dos centros de doação, formando alunos desinformados e ignorantes acerca do assunto. Nesse panorama, a formação de cidadãos individualistas e sem preocupação para com o próximo que, segundo o filósofo Zygmunt Bauman ''as relações sociais escorrem pelo vão dos dedos'', se tornam constantes na contemporaneidade.

Torna-se evidente, portanto, medidas ativas de modo a alterar e atenuar o atual quadro brasileiro. Cabe ao governo em conjunto ao Ministério da Saúde a instalação de hemocentros em regiões periféricas e carentes do país e uma reformulação de suas leis, uma vez que a orientação sexual não deve ser utilizada como critério e sim a condição de saúde dos doadores, contribuindo ao aumento da colaboração sanguínea. A escola, por sua vez, deve incentivar o projeto aos seus alunos, por meio de palestras e debates periódicos ministradas pelo MEC, a fim de os tornarem cidadãos mais conscientes e empáticos para com o outro. Talvez assim, possibilitaremos uma atenuação e quiçá a erradicação da problemática dos hemocentros e hospitais brasileiros.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.1 Kb)   pdf (30 Kb)   docx (7.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com