TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo Livro Senso Critico

Exames: Resumo Livro Senso Critico. Pesquise 798.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  5/3/2013  •  712 Palavras (3 Páginas)  •  2.794 Visualizações

Página 1 de 3

Resumo do livro Senso Crítico Dia a Dia às Ciências Humanas

Trabalho apresentado para disciplina

de Interpretação de Texto, do curso

de graduação de Engenharia Civil.

Professora Gabriela Pimenta.

Faculdade Planalto – IESPLAN

Brasília

2012

O livro apresentada uma visão geral sobre pensamento crítico e algumas de suas características principais.

A partir das idéias sugeridas pode-se concluir a importância da pesquisa e do equilíbrio das mesmas antes de expô-las, tendo maior consistência e consequentemente mais credibilidade. A ciência tem transformado nosso mundo moderno de maneira profunda. Em contato com o conhecimento científico passa-se a medir, cronometrar, argumentar e construir o pensamento lógico.

Muitas vezes as falácias são como “truques de argumentação”, que impedem a clareza da análise, obscurecendo questões irrelevantes. Defender ou aceitar um ponto de vista ou argumento sem analisar antes outros aspectos sugere, segundo o autor, falta de senso crítico.

É primordial o poder do argumento, a sugestão de uma idéia pode influenciar o ouvinte, mesmo que este não seja um pensador leigo. A reflexão sobre as condutas pessoais não sujeita a dogmas, permite o afastamento de rótulos ou classificações da consciência individual.

De acordo com a ciência geral, uma idéia pode ser considerada lógica quando o interlocutor acredita que ela é certa ou defensível, expondo-a através de argumentos bem fundamentados. A lógica se interessa pela coerência e consistência interna dos argumentos, muito mais do que pela verdade

A lógica dedutiva refere-se ao estudo de argumentos cujas conclusões são presumivelmente necessárias, já a lógica indutiva, envolve argumentos cujas conclusões são consideradas prováveis ou razoáveis, mas não necessárias.

A verdade de uma conclusão é distinta da validade da conclusão. A constatação da verdade depende da relação da afirmativa com a realidade e não com as afirmativas do argumento. A averiguação da conclusão necessita apenas das considerações dos elementos do argumento, se as premissas levam à conclusão, esta é considerada válida, mesmo que seja uma inverdade.

Levantar questões em relação à crenças e fatos é importante, entretanto devemos distinguir entre levantar dúvidas devido à curiosidade intelectual e ao desejo de esclarecer uma questão e levantar dúvidas para colocar obstáculos no caminho de posições rejeitadas a priori pelo crítico. Um indivíduo com senso crítico aprimorado encontrará mais erros ou razões em argumentos do que aquele que não tende a refletir sobre suas próprias comunicações e as dos outros.

A lógica auxilia na organização das idéias, induzindo o ouvinte a concordar com a conclusão, uma vez que os argumentos são aceitos. As regras da lógica, por mais úteis que sejam, tratam o raciocínio como algo que pudesse ser ensinado de forma automática, sem o uso das inteligências, sem intuições e sem reflexão

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com