TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A DIVERSIDADE EXISTENTE NA SOCIEDADE

Por:   •  15/10/2013  •  908 Palavras (4 Páginas)  •  445 Visualizações

Página 1 de 4

Segundo, Trindade (2000 p. 17) a questão que se coloca é a importância de se entender a relação cultura e educação. De um lado está a educação e do outro a ideia de cultura como lugar, a fonte de que se nutre o processo educacional para formar pessoas, para formar consciência. Partindo dos pressupostos vemos que a escola precisa identificar as diferenças culturais de sua clientela e utilizar um ensino que busque compreender os tais.

Gomes (2008, p. 17-18) questiona: Como a educação escolar pode se manter distante da discussão da diversidade se a mesma se faz presente no cotidiano escolar (universo escolar) por meio da presença de professores/as e alunos/as dos mais diferentes pertencimentos étnico-raciais, idades e culturas? Qual a dimensão sócio-cultural da escola?

A contribuição da escola na construção da democracia é a de promover os princípios éticos de liberdade, dignidade, respeito mútuo, justiça e eqüidade, solidariedade, diálogo no cotidiano; é a de encontrar formas de cumprir o princípio constitucional de igualdade, o que exige sensibilidade para a questão da diversidade cultural e ações decididas em relação aos problemas gerados pela injustiça social. (BRASIL, 1997, p. 29)

1.1- O que é cultura?

Desde os primórdios da história o homem confronta com a necessidade de conhecer, a fim de explicar os fatos e fenômenos, dominar a natureza ou facilitar sua existência. A humanidade construiu conhecimentos a partir dos desafios necessários a sua sobrevivência. O conhecimento surgiu e foi acumulado em decorrência das experiências vividas.

O homem cria a cultura na medida em que, integrando-se nas condições de seu contexto de vida reflete sobre ela e dá respostas aos desafios que encontra. Cultura aqui é todo resultado da atividade humana, do esforço criador e recriador do homem, de seu trabalho por transformar e estabelecer relações dialogais com outros homens (PAULO FREIRE, 1999, p.41). Nessa perspectiva, podemos dizer que cultura é tudo que resulta da criação humana, o homem cria, transforma e é afetado por essas transformações.

1.2 O que é diversidade Cultural?

O Brasil, por apresentar uma grande dimensão territorial, possui uma vasta diversidade cultural. Os colonizadores europeus, a população indígena e os escravos africanos foram os primeiros responsáveis pela disseminação cultural no Brasil. Em seguida, os imigrantes italianos, japoneses, alemães, árabes, entre outros, contribuíram para a diversidade cultural do Brasil. Aspectos como a culinária, danças, religião, são elementos que integram a cultura de um povo.

1.3 Como trabalhar as questões que envolvem as diversidades na Escola?

Ao fazermos um recorte e situarmos a Diversidade Cultural no âmbito escolar, o fazemos reconhecendo como esse espaço é um grande canal de vivência de valores, permeado de diversas formas de se viver, onde muitas “culturas” se encontram, e sendo assim traz possibilidades inúmeras para trabalharmos conceitos importantíssimos para o convívio saudável em sociedade, tais como, respeito mútuo, ética, liberdade, equidade, solidariedade.

Portanto a Escola deve promover ações pautadas na ética para desenvolver em cada sujeito a sua cidadania que não é apenas sua, mas faz parte de um coletivo.; deve cooperar para mudar a situação atual de discriminação social, racial, de gênero, desigualdade /exclusão social.

A tolerância, o respeito mútuo, a solidariedade são questões que devem não apenas serem ensinadas na Escola, mas apreendidas e vivenciadas, permeando todas as relações, professor-aluno e vice-versa, diretor-funcionários, alunos-alunos, escola-comunidade.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com