TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATPS Desenvolvimento Econônico Etapa 1

Ensaios: ATPS Desenvolvimento Econônico Etapa 1. Pesquise 794.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  18/6/2013  •  1.354 Palavras (6 Páginas)  •  406 Visualizações

Página 1 de 6

ETAPA 1

Passo 1 (Equipe)

Pesquisar, no Livro-Texto da disciplina (referenciado ao final desta ATPS), os conceitos(também os índices e dados) sobre o Produto Interno Bruto (PIB) por habitante, o Índice de Gini, a Curva de Lorenz e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Anotar as informações relevantes para serem utilizadas na redação final do artigo.

Índice de Desenvolvimento Humano - IDHO Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) foi desenvolvido pelo economista paquistanês Mahbub ul Haqcom a colaboração do economista indiano Amartya Sen em 1990 e desde 1993 tem sido utilizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), órgão da Organização das Nações Unidas(ONU), que tem por incumbência promover a eliminação da pobreza e o desenvolvimento em substituição ao Produto Interno Bruto (PIB) per capita, que avalia apenas a dimensão econômica do desenvolvimento.

PIB (Produto Interno Bruto), por definição é a soma de todos os serviços e bens produzidos num determinado período (mês, ano) de uma região (cidade, estado, região, país). O PIB é expresso em valores monetários (no caso do Brasil em Reais ou pela moeda internacional, o dólar). Ele é um importante indicador da atividade econômica de uma região, representando o crescimento econômico. Vale dizer não faz parte do cálculo do PIB insumos de produção (matérias-primas, mão-de-obra, impostos e energia). A Fórmula para o cálculo do PIB de uma região é a seguinte:

PIB = C+I+G+X-M.

Onde:

• C (consumo privado),

• I (investimentos totais feitos na região),

• G (gastos do governo),

• X (exportações) e

• M (importações).

O PIB per capita (por pessoa), também conhecido como renda per capita, é obtido ao pegarmos o PIB de uma região, dividindo-o pelo número de habitantes desta região. O PIB do Brasil no ano de 2007 foi de 2,558 trilhões de Reais (com crescimento de 5,4% sobre o ano de2006).O IDH além de levar em consideração o PIB per capita, isto por habitante, ajustado pelo poder de compra da moeda em dólar para eliminar as diferenças do custo de vida entre os países. Também considera a educação em todos os níveis através do índice de analfabetismo e a taxa de matrícula e a longevidade (expectativa devida e taxa de mortalidade infantil).

O IDH é uma medida padrão usado para comparar o desenvolvimento humano nas suas três dimensões: educação, riqueza e expectativa média de vida e por isto anualmente tem sido ferramenta na elaboração dos relatórios produzidos pelo PNUD ao comparar o quanto às nações membros da ONU têm se comprometido com a eliminação do analfabetismo, com a redução da mortalidade infantil, com a sustentabilidade entre outros aspectos. No mundo os países que estão no topo do IDH são: a Islândia com 0,968 e a Noruega que esta em segundo lugar com 0,968 (perdendo na quinta casa decimal) e em terceiro o Canadá com 0,967. Em último lugar esta Serra Leoa com 0,329 e em penúltima posição esta República Centro-Africana com 0,352, seguida pela República do Congo com 0,361.

O índice varia de zero (nenhum desenvolvimento humano) até 1 (desenvolvimento humano total), sendo os países classificados deste modo:

Quando o IDH de um país está entre 0 e 0,499, é considerado baixo.

Quando o IDH de um país está entre 0,500 e 0,799, é considerado médio.

Quando o IDH de um país está entre 0,800 e 1, é considerado alto.

O Brasil tem evoluído nos últimos anos, porém muito há para ser feito para que possa manter-se entre os países com maior índice de IDH

O Coeficiente de Gini foi criada pelo estatístico italiano Corrado Gini, em 1912 e é utilizado para calcular as diferença na distribuição das riquezas.

O gráfico a seguir demonstra o Coeficiente de Gini, onde o eixo horizontal representa a renda, e o eixo vertical, a quantidade de pessoas. A diagonal representa a igualdade perfeita de renda, e a área amarela (a) é o coeficiente de Gini. A curva que delimita o coeficiente denomina-se curva de Lorenz.

O coeficiente de Gini que é um número entre 0 e 1, pode ser calculado com a Fórmula de Brown, que é mais prática:

onde:

• G = coeficiente de Gini

• X = proporção acumulada da variável "população"

• Y = proporção acumulada da variável "renda"

Passo 2

Com base na pesquisa realizada no passo anterior, analisar os conceitos sugeridos,

confrontando informações obtidas nos diferentes textos. Os dados (índices ou indicadores

econômicos) coletados devem ser utilizados para complementar ou ilustrar os conceitos

abordados. Quando se diz “analisar” conceitos econômicos, significa, entre outros, comentar

sobre a evolução de um índice ou indicador e, posteriormente, comparar com algum tipo de

indicador-padrão ou com o de outra região.

Na tabela abaixo demonstra a % que cada País do BRIC representa em 2008.

Nesta tabela temos a representação por setor no PIB por período.

Um aspecto importante para destacar na tabela abaixo, é que dispor de Poupança Interna não é uma condição suficiente para que os recursos sejam transformados em capacidade produtiva efetiva.

O Índice de Gini do Brasil é de 51,9 (ano de 2012) o que demonstra que nosso país, apesar dos avanços econômicos dos últimos anos, ainda tem uma alta concentração de renda. Porém, devemos destacar um avanço do Brasil neste índice, já que em 2008 era de 54,4.

Índice de Gini de outros países:

- Argentina: 49 (2007) - China: 47 (2007) - Alemanha:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com