TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Acne Na Mulher Adulta

Trabalho Universitário: Acne Na Mulher Adulta. Pesquise 834.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  13/11/2013  •  1.063 Palavras (5 Páginas)  •  463 Visualizações

Página 1 de 5

Acne na Mulher Adulta: Tratamentos para Combater à Doença

A acne no adolescente já causa muitos transtornos, imagine só quando aparece ou se prolonga pela vida adulta.

A acne é uma dermatose inflamatória que se desenvolve nos folículos pilossebáceos, freqüente na adolescência, são localizadas na face e no tronco, predominantemente na região mandibular, de fácil diagnóstico, que não compromete gravemente a saúde do indivíduo, mas prejudica o seu bem-estar e desenvolvimento emocional, levando à diminuição da auto-estima e a modificações comportamentais. Alguns especialistas afirmaram que o número de casos em mulheres adultas vem aumentando, seja naqueles que persistem desde a adolescência, seja naqueles em que há o surgimento tardio da doença.

A Acne da Mulher Adulta é observada em mulheres na pós - adolescência, muitas vezes a mulher relata piora relacionada às fases do ciclo menstrual. Pode surgir em decorrência de alterações hormonais devidas a disfunções ovarianas (a mais freqüente é a síndrome dos ovários micropolicísticos), alterações das glândulas supra-renais ou um aumento da sensibilidade da pele aos hormônios androgênicos (masculinos), responsáveis pelas manifestações da doença.

Stress

No período menstrual muitas mulheres ficam mais ansiosas e ávidas por determinados tipos de alimentos, por exemplo, chocolates, e por isso associam a ingestão do doce ao aparecimento da acne.

Tratamento

A acne da mulher adulta apresenta algumas características específicas tais como: menor número de lesões, comedões fechados, localização na região do mento e pescoço e surtos relacionados à pré-menstruação.

Os tratamentos em geral utilizam sabonetes, loções, antibióticos tópicos para uso externo e antibióticos orais, nos casos mais graves. Substâncias como peróxido de benzoíla e ácido retinóico, em loção, gel ou creme também agem na inibição da produção de sebo e da queratinização (excesso de formação de queratina que obstrui o folículo). Ainda pode ser indicado o uso de anticoncepcional com antiandrógeno que também inibe a produção da glândula sebácea.

Mas a isotretinoína tem sido a salvação para as pessoas que sofrem com a acne mais grave.

Tratamento tópico

Peróxido de benzoíla: Usado no tratamento da acne há vinte anos, tem poder bactericida, tendo sido o primeiro agente tópico efetivo para acne. É encontrado sob a forma de loção e gel, sozinho ou combinado a outras substâncias. O peróxido da benzoíla diminui o número e tamanho de lesões ativas de acne, sugerindo que tenha um efeito antiinflamatório. Provoca ressecamento e irritação, além de dermatite de contato, em raros casos.

Os retinóides tópicos como tretinoína e isotretinoína são úteis, agem no defeito da queratinização, diminuem o sebo e o tamanho da glândula sebácea.

Tazaroteno e adapaleno: também são indicados em casos de acne de mulher adulta. Causam menor irritação e fotossensibilidade que a tretinoína com resultados terapêuticos significativos. Num estudo comparativo do gel de adapaleno a 0,1% e gel de tretinoína a 0,025%, o adapaleno mostrou-se, em doze semanas de tratamento, menos irritante, mais rápido na involução de lesões, maior redução tanto no número de lesões, quanto nas lesões não inflamatórias.

Ácido azelaico a 20%: Usado para diminuir a produção de sebo e tem sua melhor indicação quando houver manchas associados.

Alguns antibióticos tópicos como eritromicina e clindomicina podem ser utilizados, porém deve-se evitar o uso dos mesmos em associação com aqueles sistêmicos.

Tratamento sistêmico

O tratamento sistêmico baseia-se no uso de antibióticos, anti-andrôgenicos e isotretinoína.

Nos casos de acne moderada a severa sempre se administra antibióticos. Os antiandrogênicos só estão indicados no sexo feminino, e a isotretinoína é usada nos pacientes que não obtiveram a resposta favorável com tratamentos convencionais e em casos de acne severa em região do tronco.

Tetraciclina: (via oral) Não altera a produção de sebo, mas reduz a concentração de ácidos graxos livres, componentes irritantes do sebo, e aumenta a concentração de ácidos graxos esterificados, com doses que variam de 250mg a 1000mg por dia, que são reduzidos assim que o quadro apresenta melhora. Estes efeitos se manifestam após várias semana de tratamento.

Minociclina: É o antibiótico

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.4 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com