TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Contexto Empresarial

Por:   •  7/6/2013  •  1.303 Palavras (6 Páginas)  •  50 Visualizações

Página 1 de 6

A administração é definida como o processo de trabalhar com pessoas e recursos na busca de objetivos de alguma organização. Em um mundo moderno, globalizado e complexo, faz-se necessário ter uma base de conhecimentos sólidos para que a organização continue competitiva no mercado, nesse sentido uma análise organizacional é de muita importância.

É necessário que o gestor tenha em mente as funções administrativas de planejar, organizar, dirigir e controlar, compreendendo quanto uma organização como um todo pode levar a obter resultados eficazes. Planejar significa pensar antecipadamente nos objetivos e nas ações, e que os atos devem ser baseados em métodos, planos ou lógicas, e não em palpites. Organizar é o processo de arrumar e alocar o trabalho, a autoridade e os recursos entre os membros de uma organização, de modo que eles possam alcançar eficientemente os objetivos da mesma. No que se refere à liderança em administração, ressalta que dirigir significa, influenciar e motivar os empregados a realizar tarefas essenciais. Já a função de controlar é certificar-se de que os atos dos membros da organização levam-na, de fato, em direção aos objetivos estabelecidos. A empresa necessita dar a maior importância às ferramentas e as técnicas da administração.

A análise ambiental é como um processo de monitoração do ambiente organizacional para identificar os riscos e oportunidades, tanto presentes como futuros, que possam influenciar a capacidade das empresas de atingir suas metas. Entende-se por ambiente organizacional o conjunto de fatores externos e internos que inevitavelmente afetam de forma positiva ou negativa as decisões empresariais.

Fatores externos que influenciam nas organizações:

-Variáveis Econômicas: Produto Nacional Bruto (PNB), Produto interno Bruto (PIB), taxa de inflação, taxa de juros, taxa de emprego e tributos são exemplos variáveis econômicas presentes no dia-a-dia. Freeman e Stoner considerem que as tendências e o entendimento dessas variáveis são críticas para o sucesso de uma organização, porém todas variam com tempo, o que torna complicado o seu acompanhamento e suas previsões.

A importância das organizações e acompanhar essas mudanças devem-se ao fato de apresentarem grandes riscos e oportunidades para seus investimentos.

A administração deve assegurar que a informação recebida com o exame dessas variáveis seja resumida e analisada para determinar quais riscos e oportunidades a empresa deve escolher.

-Variáveis Sociais: Mudanças nos aspectos demográficos e no estilo de vida afetam a composição, a localização e as expectativas do suprimento de mão de obra e do cliente de uma organização (Freeman e Stoner). A composição demográfica e cultural, por exemplo, determinam o perfil da clientela interna e externa de uma organização e como essa deve se comportar diante das expectativas de demanda.

Essas mudanças sociais não afetam somente o perfil da clientela da empresa, ela também afeta os funcionários da empresa. Essas modificações podem afetar o comportamento das relações internas podendo isso ajudar ou até mesmo atrapalhar o bom andamento do trabalho interno, uma vez que, as relações entre as pessoas interferem diretamente na produtividade. Por esses motivos é que as empresas, na atualidade, prezam muito pelo bom relacionamento dos seus colaboradores.

-Variáveis Políticas: Incluem o tipo de governo, atitude de governo sobre ás várias industrias, entre outros. A política de governo pode inibir ou incentivar a liberdade de ação das organizações. As variáveis políticas são umas das principais variáveis que interferem nas empresas, além de ser a mais lembrada e comentada pelos empresários. Elas não são somente projetos de leis, mas também aqueles acordos feitos entre o governo nacional e outros estados, facilitando assim as transações internacionais e incrementando a balança comercial do país.

-Variáveis Tecnológicas: Se refere a estrutura tributária, logística e infra-estrutura, custo de capital, capacitação de fornecedores,entre outros. As variáveis tecnológicas são cada vez mais determinantes da competitividade. A capacidade competitiva das empresas estará cada vez mais dependente da geração sistemática e continuada de inovações e não somente as de caráter incremental. Qualquer empresa envolve inúmeras tecnológicas. Tudo o que ela faz envolve algum tipo de tecnologia, apesar do fato que pode parecer que uma ou mais tecnologias dominem o produto ou o processo de produção. A importância de uma tecnologia para a concorrência não é função de seu mérito cientifico ou de uma proeminência do produto físico. Qualquer uma das tecnologias envolvidas em uma empresa pode ter um impacto significativo sobre a concorrência. Uma tecnologia é

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.9 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »