TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Http://www.trabalhosgratuitos.com/Tecnologia/Alimentos/4593.html

Por:   •  13/3/2013  •  765 Palavras (4 Páginas)  •  1.080 Visualizações

Página 1 de 4

isponível unicamente em formato eletrônico, a revista Texto Digital tem como proposta ser um território permanentemente "em linha", voltado ao fomento de discussões e reflexões acerca da Literatura em meio digital e suas correlações. Esse espaço pretende, assim, estimular e divulgar a discussão da Literatura e de diversas manifestações culturais conectadas ao universo virtual, por meio da publicação de textos, estudos e pesquisas ligados ao texto digital, arte e teoria literária.

A revista traz ainda em seu conteúdo criações digitais de pesquisadores e artistas convidados pelos editores. Em consequência, seria descabido tentar delimitar um público alvo para se traçar o perfil de nossos autores e leitores, pois cremos que o texto no universo digital e suas implicações de escrita e leitura são assuntos interdisciplinares.

No mais, almejamos que os textos aqui publicados alcancem um número maior de leitores, de modo que a revista venha a contribuir efetivamente para a divulgação de trabalhos que fazem parte do que há de mais recente em pesquisas em torno da literatura e do meio digital, promovendo a aproximação do leitor com as criações deste gênero, ao mesmo tempo em que proporciona o olhar acerca de outros contextos em contágio com estas áreas, tais como a arte e a educação, para citar apenas dois dos campos que, em nossos dias, estão cada vez mais permeados pelas tecnologias.

INTRODUÇÃO

A intolerância à lactose é a incapacidade do

organismo de aproveitar e digerir a lactose, ingrediente

característico do leite animal ou derivados. A lactose

é um dissacarídeo, ou seja, um “açúcar” constituído

por duas unidades básicas: a glicose e a galactose.

A intolerância à lactose é resultante da ausência

ou deficiência da enzima intestinal denominada

lactase. A enzima em questão é responsável pela

decomposição da lactose em dois monossacarídeos,

as duas unidades básicas já citadas, o que facilita

a absorção desse principal “açúcar” do leite, sendo

usada como fonte de energia para o organismo.

Assim, a intolerância à lactose (IL) produz alterações

abdominais e na maioria das vezes, diarréia, que

é mais evidente nas primeiras horas seguintes ao

seu consumo 1;2

.

Essa reação orgânica, isto é, a intolerância à

lactose, caracteriza-se por ser um conjunto de sinais

e sintomas que as pessoas apresentam após a

ingestão de leite e lactiários, variando a intensidade

da intolerância e a resposta perante a ingesta

alimentar rica em lactose, em virtude da singularidade

de cada ser humano. Além da diarréia, a pessoa

pode apresentar dor e distensão abdominal,

flatulência, náuseas e vômitos 3

. Cabe esclarecer,

porém, que em muitos casos, pode ocorrer dor e

distensão abdominal sem diarréia.

Quando a intolerância à lactose se manifesta

na criança, a sintomatologia gera angústia nas mães

e familiares e normalmente o diagnóstico conclusivo

não é realizado de imediato em virtude de outras

duas reações orgânicas, que podem ocorrer e que

interferem na identificação da intolerância à lactose,

isto é, alergia e sensibilidade.

Portanto na trajetória da descoberta e identificação

da sintomatologia da intolerância à lactose até o

diagnóstico, os aspectos angustiantes referem-se ao

choro desesperado de um bebê, sem motivos

aparentes, o surgimento da diarréia,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.7 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com