TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Melhor Prevenir

Por:   •  1/4/2013  •  523 Palavras (3 Páginas)  •  281 Visualizações

Página 1 de 3

Melhor prevenir

Falhas no transporte rodoviário de cargas acontecem com freqüência. Mas, adotando medidas simples, é possível evitar a maioria delas.

À primeira vista, a tarefa das transportadoras rodoviárias de cargas parece simples: coletar produtos em determinado local e levá-los até outro ponto, estabelecido pelo cliente. Mas, no trajeto, podem ocorrer atrasos, avaria das mercadorias e até a perda da carga. Profissionais de duas empresas com destaque no setor explicam o que deve ser feito para se antecipar às falhas mais comuns e evitá-las.

Nos últimos meses, a Rápido 900, de São Paulo, ganhou três prêmios importantes, da Basf, da Amanco e da Oxiteno, exatamente por ser capaz de prevenir problemas. No caso da Oxiteno, em maio a empresa foi reconhecida por sua flexibilidade, por causa da implantação do maior número de ações para atendimento a demandas específicas ou emergenciais, entre as quais adequação e desenvolvimento de equipamentos, disponibilidade de veículos e identificação, antecipação e suporte na solução de problemas. De acordo com André Ferreira, gerente de marketing e vendas da empresa, o universo de erros é grande, mas quase todos têm a mesma origem: a falta de informação. “O motorista e a empresa devem estar em sintonia. Se um caminhão sai de São Paulo e vai para o Rio e, por algum motivo, quebra no meio do caminho, o aviso deve ser imediato para que se repare o veículo e a entrega não seja atrasada”, diz Ferreira.

Parece óbvio, mas muitas vezes esse conselho não é colocado em prática. Uma das razões para isso é a falta de comprometimento dos funcionários. Ferreira diz que os motoristas devem estar sempre motivados, ou a qualidade do transporte será afetada. Segundo ele, o empregado deve se sentir engajado e ter o desejo de cumprir as metas. “Na Rápido 900, criamos prêmios para quem cumpre os horários e as normas. Eles valem tanto para funcionários de nossa frota quanto para agregados. Se o motorista chega no dia e na hora combinada, recebe o prêmio. Se não chega, só ganha pela viagem”, diz Ferreira.

A comunicação não deve se restringir ao contato entre motoristas e empresa. Afinal, o cliente sempre quer participar. “Se ocorrer algum problema no trajeto, o cliente deve ser avisado. Ainda que a falha seja nossa. Ele quer saber antes se a carga vai atrasar e precisa receber essa informação para continuar confiando na transportadora”, afirma Ferreira.

Mas atrasos não se resolvem apenas com comprometimento de funcionários e boa comunicação. A empresa também precisa estar preparada para agir com rapidez e contornar as eventualidades, seja para enviar um outro veículo ou socorro mecânico. Melhor ainda é, sempre que possível, evitar as eventualidades. É por isso que manutenção preventiva é a palavra-chave nesse negócio. “Se os caminhões vivem

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.3 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com