TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Exercício Educação de Jovens e Adultos

Por:   •  10/9/2020  •  Trabalho acadêmico  •  2.593 Palavras (11 Páginas)  •  4 Visualizações

Página 1 de 11

ATIVIDADE

Aulas 01, 02, 03 e 04

Curso: Matemática | Prof.(ª): Mestre Lilia Nantes e Saulo Brum  Disciplina: Educação de Jovens e Adultos | Carga Horária: 80h | Semestre Letivo:

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Atenção!

1- Não serão aceitas atividades após a data agendada;

2- Cópias da internet serão zeradas;

3- Texto desorganizado, sem estética terão notas descontadas, bem como erros ortográficos, de coesão e coerência;

GABARITO 

Marque aqui as respostas referentes às questões de 01 a 05,

01

02

03

04

05

B

A

B

A

A

Questões Alternativas

1. Considere a afirmativa: “Todo ser humano que esteja sujeito a experiências e vivências leva consigo uma bagagem de conhecimentos”. Pensando nisso, escolha a alternativa que melhor se adequa à educação de jovens e adultos:

a) O aluno da EAD não possui conhecimento sistematizado, sendo necessário alfabetizá-lo com as primeiras letras, assim como na educação infantil.

b) O aluno da EAD possui grande bagagem de experiências cotidianas e, mesmo que seja necessário alfabetizá-lo a partir das primeiras letras, é preciso abordagem diferente daquela utilizada na educação infantil.

c) As experiências de vida dos alunos da EAD precisam ser reelaborados, não servindo como parâmetro educacional do ensino formal.

d) Mesmo tendo muitas experiências, apenas aquelas que se adequem à sala de aula devem ser consideradas pelo professor da EAD.

2. A educação brasileira sempre esteve em déficit com relação à sua abrangência da população, tendo grande índice de analfabetismo principalmente entre os adultos e as classes mais baixas da sociedade. Sendo assim, uma das justificativas que podemos atribuir à criação da EAD pode ser:

a) Desde que a população portuguesa entrou em terras brasileiras, a necessidade educacional foi direcionada e, desde que se estabeleceu, passou a ser observada politicamente.

b) Devido a ser delegada aos jesuítas, a educação atingiu apenas parte da população e este déficit atingiu as camadas mais baixas da população.

c) No brasil, o início da escolarização se dá a partir da Companhia Missionária de Jesus com a catequização de negros e índios e sua escolarização.

d) O colapso da educação brasileira se dá pelo elitismo e sua restrição às classes altas da sociedade, priorizando as aulas com ênfase política.

3. Leia o texto:

Um dos motivos para o surgimento da Primeira Campanha Nacional de Alfabetização foi a imensa pressão internacional para a erradicação do analfabetismo nas ditas “nações atrasadas”. Essa pressão internacional se deu pela criação da ONU (Organização das Nações Unidas) e da UNESCO (Órgão das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) após o fim da segunda guerra mundial em 1945. A orientação da ONU e da UNESCO era de que a educação era o meio de desempenhar o desenvolvimento das “nações atrasadas”.  

Diante desta reflexão, assinale a alternativa correta:

a) A partir deste momento a educação deixou de ser vista como uma estratégia política para se tornar parte do projeto de desenvolvimento da nação.

b) A educação passou a ser um “tapa-buraco” que demonstraria perante o mundo o interesse do Brasil na educação.

c) A educação como paliativo é uma estratégia política exclusiva de alguns partidos específicos.

d) A política partidária brasileira é o único modo de se ter real desenvolvimento na educação, com seriedade e dedicação.

4. Assinale os movimentos cujo start se deu a partir do educador Paulo Freire e outros educadores de pensamento cunhado no desenvolvimento social:

a) Movimento de Educação de Base, Movimento de Cultura Popular do Recife, Centros Populares de Cultura, Campanha do Pé no Chão também se Aprende.

b) Movimento Semana da Educação para Todos, Educação para Jovens e Adultos, Movimento Cultura Negra.

c) Movimento Semana da Arte Moderna, Movimento de Educação de Base, Movimento Base Nacional Comum.

d) Movimento de Cultura Popular do Brasil, Centros Populares de Cultura, Campanha do Pé no Chão também se Aprende.

5. Alguns dos projetos recentes da educação são conhecidos por visarem o avanço na educação e a busca pela erradicação no analfabetismo. Assinale a alternativa correta:

a) Não são poucos os movimentos, campanhas, projetos, programas que surgiram a partir de um esforço de algum movimento de base, que além de ensinar os códigos de linguagem procuravam tornar significativo a existência do indivíduo na sociedade através do empoderamento através do conhecimento.

b) Apenas alguns movimentos da educação visam o aspecto social da educação como parte daquilo que necessita ser priorizado em seu desenvolvimento.

c) Os professores são a parte mais interessada quando falamos de educação para todos, pois com o reconhecimento financeiro se tornam aptos a se desenvolverem a cada dia para oferecer uma melhor educação em sala de aula.

d) A remuneração do corpo docente, os documentos de convocação sobre os vencimentos dos professores não atraiam os professores que estavam necessitados de renda, mas sim, aqueles que estariam mais interessados no desenvolvimento da educação.

Questões Dissertativas

6. Discorra num texto de 15 linhas sobre as crenças que a EJA precisou desmistificar no seu início, quando se pensava que fosse algo simples de se aplicar.

A história da EJA coloca-se em um cenário econômico, social e político, onde a relação entre educação e trabalho está inteiramente ligada uma a outra, tendo um público de trabalhadores jovens que procuram o primeiro emprego e também os trabalhadores aposentados.

A Educação de Jovens e Adultos não é recente no país,  constatamos que desde o Brasil colônia, quando se falava em educação para a população não infantil, fazia-se menção à população adulta, que era catequizada para as causas da santa fé. A EJA começou assegurar seu lugar no Brasil, a partir da década de 1.930 devido às várias transformações e mudanças na sociedade. O aumento da industrialização começou a exigir mais da população, a oferta de ensino era de graça e atendia diversos setores sociais e não mais só os burgueses, todo esse crescimento, mudanças e facilidades fizeram com que grande parte da população passasse a ter mais interesse pela educação. Há cada década ocorriam mudanças, com visões de diferentes governos e professores, mas sempre dispostos a ajudar a todos, sem se importar com a classe social. Em 1.945 com o fim da ditadura de Vargas, o país começou a viver uma grande efervescência política, e  isso fez com que a sociedade vivesse grandes crises, foi uma época que surgiu muitas críticas aos adultos analfabetos, fazendo com que muitas dessas pessoas desanimassem, assim toda essa luta, garra e dedicação por uma educação de qualidade para todos, fez com que a educação de adultos ganhasse ênfase na sociedade.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (17.2 Kb)   pdf (157.6 Kb)   docx (16.8 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com