TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Uso Do Crack

Monografias: O Uso Do Crack. Pesquise 804.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  28/3/2013  •  2.486 Palavras (10 Páginas)  •  888 Visualizações

Página 1 de 10

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

SERVIÇO SOCIAL

VERA LUCIA RAMOS

PRODUÇÃO TEXTUAL- USO DO CRACK

Montes Claros/MG

2012

VERA LUCIA RAMOS

PRODUÇÃO TEXTUAL- USO DO CRACK

Trabalho apresentado ao Curso Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas: Psicologia Geral, Antropologia, Formação Social, Política e Econômica do Brasil e FHTM do Serviço Social I.

Prof. Lisnéia Rampazzo, Giane Albiazzetti, Gleiton Lima e Rosane Malvezzi.

Montes Claros-MG

2012

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENT0...............................................................................................4

3 COMPLEMENTO DO DESENVOLVIMENTO 5

4.CONCLUSÃO............................................................................................................6

5.CONSIDERAÇÕES FINAIS 7

REFERÊNCIAS 8

1 INTRODUÇÃO

O uso de drogas é uma ocorrência desde a antiguidade, e atualmente há uma expansão rápida e sem precedentes do uso das substâncias psicotrópicas. O uso de substâncias psicoativas é fato recorrente em toda a história da humanidade e provém, basicamente, da relação homem com as plantas. Além da alimentação, do abrigo e dos remédios, os primeiros hominídeos descobriram que algumas plantas possuíam a capacidade de produzir estados alterados de consciência desejáveis. Enquanto alguns deles buscavam tonificantes capazes de mantê-los em alerta, outros preferiam estados de relaxamento ou alucinatórios. Nesta busca, muitos padeceram por envenenamento, fato que também ocorreu na busca por alimentos de origem vegetal.

A busca do homem por estas experiências sensoriais gerou aprendizados culturais que acompanharam boa parte da evolução da espécie humana, no início com fins ritualísticos e medicinais e agora cada vez mais com finalidade recreativas.

Mas, embora esta prática tenha sido incorporada por várias culturas ao longo de milênios, ocorre que algumas pessoas parecem incapazes de utilizar essas substâncias dentro de normas socialmente aceitáveis de consumo e sem prejuízos graves à sua saúde e relações sociais, instalando-se nestes indivíduos padrões de abuso ou dependência de drogasA abordagem deste tema tem importância significativa, pois o mesmo trata-se de um assunto que tem ganhado destaque nacional, devido o alto grau de preocupação da sociedade organizada, bem como crescimento obvio da violência em ambientes onde há incidência concreta de uso do Crack.

A utilização deste entorpecente tem sido uma preocupação de alta relevância não somente para governos, nas diversas esferas, mas principalmente para a Sociedade Civil, que sofre diretamente com o alto crescimento do consumo das drogas, com destaque para o Crack. Para que este problema crônico, inserido na sociedade brasileira, seja pelo menos minimizado é necessário ser tratado como caso de saúde pública e não de polícia. Quanto o papel da polícia restringe no combate ao trafico e narcotráfico, com vigilância permanente das fronteiras bem como em sua distribuição feita nas diversas cidades em nosso país. Necessária também alteração na lei que pune traficantes que causam enormes mal à sociedade. Este trabalho constatou alta preocupação da sociedade brasileira no que se refere ao alto índice de crescimento do crack, e consequentemente aumento da criminalidade; além de trazer dados esclarecedores e informativos em relação à chegada deste entorpecente no Brasil, evidentemente mostrando em seu conteúdo de que maneira devem ser tratados seus usuários dentro do âmbito familiar e governamental. Este trabalho constatou alta preocupação da sociedade brasileira no que se refere ao alto índice de crescimento do crack, e consequentemente aumento da criminalidade; além de trazer dados esclarecedores e informativos em relação à chegada deste entorpecente no Brasil, evidentemente mostrando em seu conteúdo de que maneira devem ser tratados seus usuários dentro do âmbito familiar e governamental. O conteúdo deste, também traz esclarecimento do impacto social que esta droga, tem causado em nosso país. Num contesto geral foi mostrado dentro do mesmo à necessidade de implantação de políticas públicas com intuito de fazer o enfrentamento eficaz em seu combate, bem como, no tratamento de viciados. O Crack tomou conta da sociedade.A droga que antes era considerada ‘droga de pobre’ hoje abrange bem mais que isso.O uso deste entorpecente começa por volta dos 10/12 anos ,alcançando também a 3ª idade, sendo que muintos adultos após experientarem outras drogas acabam chegando ao crack. Não há distinção de raça,cor ,classe social.sexo,idade , abrange a pré adolescencia e idosos,eles são usuarios da classe baixa,media e media alta.O perfil do usuario do crack não e mais o de morador de rua ou jovens negros ,Estas pessoas tem casa, familia,moram em bairros nobres,tem acesso a imformações,tem ou tiveram uma formaçao escolar e vivem com enorme liberdade numa sociedade em que o crack e ‘‘sociavelmente aceito’.’ Obviamente que, existe uma concentração maior de pessoas que vem de comunidades menos abastadas,que já tem uma vida complicada por varios fatores.O crack veio a ser, mais, um problema na vida deles,que buscam interagir com substâncias que de alguma forma tragam mudanças para suas vidas,ocasionando assim grandes malefiçios fisico e psicologico. também traz esclarecimento do impacto social que esta droga, tem causado em nosso país. Num contesto geral foi mostrado dentro do mesmo

...

Baixar como (para membros premium)  txt (16.9 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com