TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

UP. TEC. EM GEST. PUB. - [DP] - FUNDAMENTOS DE GESTÃO PÚBLICA

Por:   •  13/10/2014  •  2.210 Palavras (9 Páginas)  •  497 Visualizações

Página 1 de 9

WA1 - [DP] -SUP. TEC. EM GEST. PUB. - [DP] - FUNDAMENTOS DE GESTÃO PÚBLICA

Web Aula

Maximiano (2011) deixa claro que, além da tradicional palavra Administração, podemos nos deparar com outras terminologias que também definem este processo dinâmico de tomar decisões sobre a utilização de recursos, são elas: Management e Gestão, basicamente quando nos deparamos com estas palavras estamos falando de Administração e suas implicações administrativas e operacionais.

Nos últimos tempos a palavra gestão vem sendo empregada comumente  no ambiente das organizações públicas e de acordo com o dicionário gestão diz respeito á “ação de gerir: gerenciar ou administrar”. Cabe  lembrar que a conotação de gerenciamento está vinculada tradicionalmente á área de gestão de negócios, onde, a gestão pública vem buscando inspiração para implantação de modelos gerenciais bem sucedidos.

Portanto, podemos concluir que a administração pública também está diretamente relacionada á gestão eficaz dos elementos existentes no processo administrativo: recursos financeiros, pessoas, equipamentos etc... Neste aspecto o desafio do Gestor Público é estabelecer sinergia entre os elementos que compõe a sua administração na busca  de alcançar os objetivos estabelecidos previamente.

Link

Para saber mais sobre a administração acesse o link indicado:

http://www.madeira.ufpr.br/disciplinasgarzel/CONC1.pdf

Ao ler o texto proposto no link você pode perceber que existem várias definições sobre a administração. No entanto, todas parecerem convergir para o esforço coletivo e a busca de resultados.

 

3.1 O Processo Administrativo

O ato de administrar nos reporta ao processo administrativo, que  nasceu dos estudos de Henry Fayol no início do século XX. Durante as primeiras décadas o termo era conhecido como funções administrativas e mais tarde passou a ser conhecido como processo administrativo.

No âmbito corporativo a expressão “processo administrativo” está associada ao conjunto de atividades realizadas na geração de resultados que possa proporcionar significativo valor ao cliente, desde o início da elaboração da oferta do produto/serviço até a entrega dos mesmos ao mercado consumidor, no caso da iniciativa privada. Quanto se refere á administração pública à entrega é direcionada [U1] ao cidadão: pagador de impostos.

A aplicação dos princípios e processos administrativos contribui de forma efetiva para a obtenção de êxito na nova abordagem administrativa pública e reforça o novo modelo de gestão  adotado pelo Estado brasileiro que tem o objetivo de se tornar mais gerencial e atender mais adequadamente os anseios e necessidades sociais.

O novo modelo de gestão procura superar a dicotomia que separou durante décadas a iniciativa privada e o setor público e visa implantar soluções para os problemas que se tornam mais complexos a cada dia. A ideia básica é lapidar e implantar os bons exemplos de gestão que deram certo na iniciativa privada dentro do setor público. Isso faz parte de um contexto moderno e dinâmico de entender e praticar a administração pública.

Vamos agora conhecer alguns exemplos de Gestão Pública que foram praticadas na antiguidade para resolver problemas comuns à sociedade do período.

 

4.0  AS PRIMEIRAS ORGANIZAÇÕES E SEUS ADMINISTRADORES

Neste momento do texto, vamos conhecer os desafios pelos quais passaram os povos antigos e verificar as práticas administrativas que tiveram que ser aplicadas para lidar com situações contingenciais que eram características daquela época.

 

4.1 Sumérios

Na nossa primeira volta ao tempo, temos como referência a Mesopotâmia, onde vivia o povo sumério, em terras que hoje está localizado o atual Iraque. De acordo com os registros, foram encontrados dados que datam de aproximadamente 3.000 anos atrás. Nestes documentos, existiam indicações quanto aos procedimentos e métodos que os sacerdotes sumérios adotavam para controlar, organizar e fiscalizar seu imenso sistema tributário (KARKOTLI et al,  2008).

Maximiano (2007, p. 26) relata que:

[...] a abundância de água levou os primeiros colonizadores de a Mesopotâmia a colaborar entre si, para formar uma “sociedade de irrigação” grifo do autor. Constituída de pequenas comunidades auto-suficientes e interligadas. A responsabilidade de coordenar esse esforço

...

Baixar como (para membros premium)  txt (15.7 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com