TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Weber sobre a teoria de um ponto de vista sobre o domínio

Por:   •  27/4/2013  •  Artigo  •  252 Palavras (2 Páginas)  •  350 Visualizações

Página 1 de 2

o de reciprocidade, e sem essa reciprocidade a liderança do ‘coronel’ ficaria sensivelmente diminuída”. Fonte: LEAL, V. N., Coronelismo, enxada e voto. São Paulo: Alfa-Omega, 1986, 5ª ed., p. 43.

1- Weber, em sua perspectiva teórica sobre dominação, estabelece três tipos puros. Identifique e justifique o tipo de dominação presente no texto.

R: O conceito de poder é impreciso e amorfo, porquanto toda uma sociedade de constelações de interesses pode colocar

alguém na condição de impor sua vontade em uma dada situação. Assim, ele propõe o conceito de dominação, um caso especial de poder, que se refere a probabilidade de encontrar obediência à uma determinada ordem, o que implica em se ter uma forma de subordinação de sujeitos por outros sujeitos.

A diferença básica entre as concepções reside no fato de, no caso do poder, a obediência não é um dever, enquanto que, quando se fala em domínio, a obediência se alicerça no reconhecimento da legitimidade, por parte daqueles que obedecem, das ordens que lhes são dadas.

2- Pode-se afirmar, na perspectiva weberiana, que o patrimonialismo é um entrave à modernidade? Justifique.

R: Em uma sociedade liberal, os conflitos de classe são resolvidos pelo Estado. Já no Estado Patrimonialista, típico exemplo do caso brasileiro, o poder público é o lugar onde a sociedade se constitui. O Estado é o próprio patrimônio, é organismo a ser parasitado por grupos de interesses e indivíduos dedicados a transformarem a coisa pública em coisa própria.

O Estado como protagonista das ações sociais é a causa do “autoritarismo brasileiro”. Na trad

...

Baixar como  txt (1.6 Kb)  
Continuar por mais 1 página »